Derrota do Fluminense é resultado do cansaço, segundo Marcelo Oliveira

Comentários()
Lucas Merçon / Fluminense FC / Divulgação
Treinador lembra sequência de jogos nos últimos dez dias e entende queda de rendimento da equipe

O Fluminense foi ao Ceará e não volta para o Rio de Janeiro com o placar dos sonhos. Apesar dos recentes bons resultados, o Tricolor carioca não resistiu à pressão dos donos da casa e foi derrotado por 1 x0, gol de Leandro Carvalho, aos 41 minutos da primeira etapa.

Mesmo sem os três pontos, o técnico Marcelo Oliveira prefere não culpar os seus atletas pelo tropeço. De acordo com o treinador, o baixo rendimento já era esperado por ele, devido a maratona de jogos que a equipe enfrentou nos últimos dias, desde o término da Copa do Mundo.

"Tudo que eu falar, depois de uma derrota, pode ter conotação de desculpa. Mas são quatro jogos em 10 dias, com duas viagens para o Nordeste. Se o adversário tivesse feito a mesma coisa, tudo bem. Mas o Ceará jogou na segunda-feira e nós fizemos um clássico nacional na quarta-feira.", disse, se referindo ao duelo contra o Palmeiras.

Jadson Fluminense x Ceará Brasileirão 28 07 18
(Foto: Lucas Merçon / Fluminense FC / Divulgação)

Para o treinador, a impossibilidade de contar com o atacante Marcos Junior, que foi vítima do desgaste físico, foi determinante para que a equipe não tivesse o rendimento esperado por ele. 

"Acho que hoje o Marcos fez falta porque vem jogando bem, entrosado com o Ayrton pelo lado esquerdo. Desma forma que ganhamos três jogos não vamos agora achar que está tudo errado. Vamos mudar a chave para o jogo de quinta-feira e esperar o apoio da torcida.", lembrou, já querendo pensar no próximo compromisso. 

Com a derrota o Fluminense estaciona com 21 pontos e se prepara para mirar o duelo contra o Defensor, do Uruguai, pela Copa Sul Americana, na quinta-feira (02), às 21h45 (Brasília), no Maracanã. A equipe volta a atuar pelo Brasileirão, novamente no Maracanã, no domingo (05), às 19h, diante do Bahia.

Fechar