Notícias Placares ao vivo
São Paulo

Daniel Alves vai conhecer um novo Morumbi que só o São Paulo poderia lhe oferecer

17:35 BRT 14/08/2019
Daniel Alves São Paulo 14 08 2019
O novo camisa 10 já está regularizado e, contra o Ceará, pode voltar ao estádio que ele próprio criticou durante a Copa América

O mundo dá muitas voltas. Quem, por exemplo, apostaria que Daniel Alves estaria vestindo a camisa do São Paulo, já em 2019, após ser eleito craque da Copa América? O próprio jogador disse, em seu anúncio oficial, que a sua chegada era “irreal”.

As voltas que o mundo dá também trazem à tona a lembrança de algumas críticas que o craque fez, durante a Copa América vencida pelo Brasil, ao público paulista e ao próprio Morumbi, que hoje é sua nova casa.

Acompanhe o melhor do futebol ao vivo ou quando quiser: assine o DAZN e ganhe um mês grátis para experimentar

"Futebol aqui [no Brasil] é religião e as pessoas são doutrinadas a seguir seus clubes, não sua seleção. Tipo se tem um jogador de seu time ele gosta, se não levam esse sentimento de não gostar. Podemos respeitar, mas não entender. Não estamos ali representando clubes, estamos representando a seleção brasileira, mas é difícil entrar na cabeça das pessoas", disse após a vitória por 3 a 0 sobre a Bolívia, na estreia marcada pelas vaias para a seleção dentro do Morumbi.

Evidente que, ao lembrar a predileção dos torcedores por seus clubes em detrimento ao selecionado nacional, Dani Alves fez referência a um comportamento específico que pouco tem a ver com qualquer time paulista. Entretanto, quando comentou, depois, as palavras que disse, Dani Alves citou a distância da arquibancada do Morumbi para o gramado como um fator que ajuda a esfriar o comportamento da torcida.

(Foto: Getty Images)

"Não sou dono da verdade, falei da minha sensação, de quando a gente joga no Morumbi, no geral, não em São Paulo. De repente porque no estádio a torcida fica distante da gente. Na Arena [do Corinthians] foi um apoio maior. Foi o que senti no momento, sou verdadeiro, desculpem", afirmou.

Confirmado no BID da CBF, e consequentemente liberado para fazer a sua estreia neste domingo (18), contra o Ceará, Daniel Alves pela primeira vez terá a sensação de conhecer um Morumbi diferente ao que criticou. A distância entre arquibancada e gramado segue a mesma, mas o apoio dos torcedores e o próprio coração tricolor do novo camisa 10 prometem dar ao baiano uma sensação nova.

(Foto: Getty Images)

O próprio Daniel teve um belo vislumbre do quão forte pode ser o Morumbi. Em sua apresentação, mais de 40 mil torcedores estiveram no estádio. Dentro do gramado, o torcedor-jogador não conseguiria esconder a emoção mesmo que tentasse. Estava em seus olhos, marejados de felicidade, e no sorriso tão aberto quanto os braços que saudaram aqueles que, de agora em diante, prometem mostrar ao lateral/meio-campista/meia um estádio diferente daquele anteriormente criticado.