Dalic prega reflexão sobre o futebol: "Times de um jogador foram eliminados cedo, enquanto equipes vencem e continuam"

Comentários()
Getty
Treinador da Croácia celebra classificação às quartas de final e diz que sua equipe pode conquistar muito mais

banner Copa 2018

Foi no sufoco e no drama dos pênaltis, mas a Croácia eliminou a Dinamarca e está nas quartas de final da Copa do Mundo. É curioso e surpreendente, mas Croácia, Rússia, Suíça, Suécia, Colômbia ou Inglaterra estarão na final do Mundial, enquanto Argentina, Portugal e Espanha foram eliminadas precocemente.

Zlatko Dalic, técnico da Croácia, aproveitou o fato para fazer uma reflexão e analisar seu próximo adversário, a anfitriã Rússia, neste sábado (7), em Sochi, pelas quartas de final.

"Eu vi a Rússia e foi uma grande batalha. Os times de um jogador como Messi, (Cristiano) Ronaldo e Salah foram eliminados cedo. Hoje (domingo), os times que venceram não jogaram bonito, mas conseguiram os resultados", afirmou, em entrevista coletiva.

Dalic também celebrou o avanço na Copa do Mundo. "Foi difícil a partida. A Dinamarca foi um adversário muito duro. Hoje nós vamos celebrar, mas amanhã vamos focar na Rússia. Não viemos aqui apenas para passar pela fase de grupos, mas para ganhar coisas maiores, muito maiores. Dou os parabéns ao meu time, que não caiu mesmo após perder três pênaltis. Milagre!", exaltou.

"Nós sofremos um gol sem começar a jogar (com menos de dois minutos de partida) e eu disse aos meus jogadores para tomarem cuidado especialmente nos primeiros 15 minutos. Agora que conquistamos isso, podemos conquistar muito mais", finalizou.

Próximo artigo:
Barcelona é acusado de ter escalado jogador irregular
Próximo artigo:
"Homem-Aranha em campo!" Vardy treina vestido como super-herói no Leicester
Próximo artigo:
Gabigol e Arrascaeta participam de primeira atividade no Flamengo mas não escapam de "batismo"
Próximo artigo:
Cruzeiro confirma acerto com Marquinhos Gabriel, que chega na sexta a Belo Horizonte
Próximo artigo:
Fabinho fala sobre jogar como zagueiro no Liverpool: "Eu me adaptei bem"
Fechar