Cruzeiro se classifica na Libertadores com o rótulo de melhor time do Brasil

Comentários()
Juliana Flister/Getty
A equipe treinada por Mano Menezes evoluiu no ataque e segue impressionando pela segurança defensiva

Absoluto. Assim é o Cruzeiro neste início de temporada 2019. O atual bicampeão da Copa do Brasil vem demonstrando muito mais do que segurança nos 18 jogos realizados até aqui: a equipe treinada por Mano Menezes dá um passo além, evolui, na comparação às últimas temporadas.

Nesta quarta-feira (10), a Raposa não tomou conhecimento do Huracán: com três gols de Fred e um golaço de Dodô, fizeram 4 a0 nos argentinos e garantiram a classificação para as oitavas de final da Libertadores da América. Com dois jogos restantes, assim como havia feito o Interacional um dia antes. Além de terem garantido a classificação, entregaram exatamente o que o treinador pediu: um melhor desempenho ofensivo.

"A Libertadores vai ensinando a equipe a se comportar. A equipe vai melhorando, mas penso que precisa evoluir mais em alguns aspectos, como na construção das jogadas ofensivas. Sabemos que como visitante, elas são menores, mas temos que ter uma eficácia maior. A equipe sempre soube fazer isso em decisões da Copa do Brasil e na Libertadores. Esse ano queremos, mais na frente, estar mais preparado para lidar com jogos grandes", afirmou Mano antes da partida.

A única goleada de 2019 havia sido contra a frágil Patrocinense, 5 a 0 no estadual. Seguro pelos pontos conquistados na Libertadores, Mano quis mais: ver o que o seu ataque podia fazer na Libertadores pisando fundo no acelerador. A resposta foi pra lá de positiva.

Na final do Campeonato Mineiro contra um Atlético envolto em crise pela péssima campanha na Libertadores, o Cruzeiro é o melhor e mais confiável time do Brasil no momento. Não apenas porque é o único invicto, sem conhecer o amargo sabor da derrota em 2019: a equipe de Mano Menezes tem segurança defensiva pelo entrosamento e qualidade de peças como Dedé e Leo na zaga, mas também Fábio no gol. O arqueiro, inclusive, fez uma defesaça contra o Huracán e manteve a sua invencibilidade nesta Libertadores: ainda não sofreu gols após quatro rodadas na fase de grupos.

O único time que também não sofreu gols até aqui na Libertadores foi o San Lorenzo, que por outro lado fez apenas metade dos gols anotados pela Raposa (8). No ataque, Mano conta com peças decisivas na criação de jogadas, e especialmente um finalizador nato. Fred segue a ser o melhor centroavante do país e teve uma noite inesquecível no Mineirão: 100º jogo pelo Cruzeiro e hat-trick (três gols em uma única partida).

Criticado nos últimos anos pelo desempenho mais conservador, o Cruzeiro de 2019 move como uma muralha de escudos do antigo exército romano: passo a passo, ainda focando em sua defesa, mas cada vez mais em busca do ataque. Sempre com equilíbrio. Não é por acaso o melhor time do Brasil no momento.

Fechar