Criticado, Mourinho responde a De Boer: "pior técnico da história da Premier League"

Comentários()
Getty
Ex-técnico do Crystal Palace, holandês criticou a forma como português lida com o jovem Marcus Rashford e foi respondido com ironia

Apesar da vitória contra o Liverpool, algumas pessoas questionaram porque Marcus Rashford, autor dos dois gols no clássico, não recebia mais chances como titular no Manchester United. O holandês Frank De Boer, que fez críticas a esse respeito ao técnico José Mourinho, acabou recebendo uma resposta dura - talvez até demais.

Depois de ouvir que "era uma pena" que o jovem atacante dos Devils tem de lidar com o português, Mou não deixou barato e relembrou a desastrosa passagem do ex-zagueiro pelo Crystal Palace, também da Inglaterra, em 2017.

Champions 2017/18: jogos, resultados e guia completo da competição

No comando do Palace, De Boer perdeu as quatro partidas em que comandou a equipe, encerrando prematuramente seu trabalho por lá. Um prato cheio para alguém como Mourinho.

"Eu li algo, algumas falas do pior técnico da história da Premier League, Frank de Boer, nos quais ele diz que não é bom para Rashford ter um treinador como eu”, disse aos repórteres.

Frank de Boer, 09102017
(Foto: PROSHOTS)

"Se ele fosse treinado por Boer, ele seria ensinado a como perder, porque De Boer perdeu todos os jogos"

Ranzinza? Mourinho mostra lado 'doce' após pergunta de repórter; assita!

Após a réplica, Mourinho reconheceu o bom trabalho que Louis van Gaal, seu antecessor em Old Trafford, fez ao promover o jovem de 20 anos no time profissional, além de defender a utilização do jogador desde que assumiu o United.

"Tenho que ser honesto e dar crédito às pessoas que foram responsáveis ​​pela formação de Marcus, e a Van Gaal, pela primeira temporada dele na equipe”, continuou.

"Mas você precisa ver os números e quantos jogos ele disputou comigo, eu diria que esteve no Top 5 (dos que mais jogaram) por duas temporadas"

"Ele joga cada partida desde o início? Não, claro que não. Ele é um jogador em quem confiamos. Muitos não esperavam que ele começasse contra o Liverpool e ele teve uma boa partida, não apenas com gols marcados. Estou muito feliz com Marcus.”

Com ou sem Rashford como titular, o Manchester United recebe o Sevilla nesta terça-feira (13) pela volta das oitavas de final da Champions League, a partir das 16h45 (de Brasília).

Fechar