Notícias Placares ao vivo
La Liga

Cristiano Ronaldo, Lionel Messi e jogadores que tiveram problemas fiscais na Espanha

17:13 BRT 14/06/2017
Cristiano Ronaldo - Lionel Messi
A Goal repassa os casos de outros jogadores que tiveram problema similar ao de CR7 quando jogar em times espanhois

A Seção de Crimes Econômicos do Procurador Provincial de Madrid apresentou nesta terça-feira uma deúncia contra Cristiano Ronaldo por quatro supostos crimes de fraude fiscal contra a Fazendo Pública da Espanha de 14,7 milhões de euros.

A Goal repassou os casos de outros jogadores que tiveram um problema similar quando jogaram em equipes espanholas.


Messi



(Foto: Getty Images)

O Tribunal Supremo considerou Lionel Messi autor de três delitos fiscais por defraudar 4,1 milhões de euros à Fazenda durante os exercícios 2007, 2008 e 2009 ao não ter tributado na Espanha os ingressos de 10,1 milhões percebidos pelos direitos de imagem do atacante durante esse período. A condenação foi de 21 meses de prisão para ele e seu pai. 


Mascherano



(Foto: Getty Images)

A Audiência de Barcelona condenou o argentino a um ano de prisão de 815 mil euros de multa por dois delitos fiscais. O tribunal emitiu proferiu a sentença após a defesa chegar a um acordo com os promotores.


Xabi Alonso



(Foto: Getty Images)

O jogador ficou livre de crime fiscal por gerir seus direitos de imagem em uma empresa de Madeira, tal como determinou o Tribunal 40 de Madrid, contando com um relatório inicial do Escritório de Madrid, que não viu delito no desempenho de Xabi Alonso ou seu consultor fiscal, Iván Zaldua.


Falcao



(Foto: Getty Images)

A mesma seção denunciou o jogador do Monaco por ter ocultado 5.661.862,64 de euros à Fazenda enquanto jogava no Atlético de Madrid.


Alexis Sánchez



(Foto: Getty Images)

Alexis Sánchez reconheceu em sua declaração como  investigado que defraudou 983,443 euros ao Tesouro Espanhol por não declarar o imposto de renda de indivíduos (imposto de renda) de 2012 e 2013 Às receitas provenientes da exploração dos seus direitos de imagem.


Coentrão



(Foto: Getty Images)

Na mesma denúncia de Falcao, a seção de Madrid denunciou o jogador do Real Madrid por ter ocultado os ingressos de 1.291.398 euros.


Neymar



(Foto: Getty Images)

O Barcelona chegou a um acordo com a Fazenda em que reconheceu seu crime de fraude fiscal na contratação do brasileiro e concordou em pagar uma multa de 5,5 milhões de euros.