Crise, desfalque importante e respeito ao Fla: veja como o River chega para encarar time de Carpegiani

Comentários()
Marcelo Endelli/Getty Images
Equipe argentina não começou bem a temporada, sem vitória há seis jogos, eles sabem da importância de um bom resultado no Rio

O Flamengo encara o River Plante nesta quarta-feira(28), na estreia da Copa Libertadores da América, o torneio mais importante que o Rubro-Negro disputará este e tem um peso diferente por conta dos fracassos recentes da equipe carioca nesta competição.

Com a obrigação de passar de fase, o Flamengo caiu em um dos grupos mais complicados ao lado de River Plate, Emelec e Santa Fe. Para completar, a equipe de Paulo César Carpegiani terá que disputar os dois primeiros jogos em casa com portões fechados e não contará com o apio de sua torcida durante a partida.

No entanto, o duelo contra o River chega em bom momento para o Flamengo, já que a equipe de Gallardo atravessa uma crise complicada neste ínicio de temporada. Depois de investir muito dinheiro na janela de transferências, o time ainda não deu liga e vem de seis jogos sem vitória no Campeonato Argentino.

Camilo Mayada Velez River Plate Superliga Argentina 24022018
(Foto: Getty Images)

"A estreia na Copa Libertadores não poderia chegar em pior momento para o River. Depois de uma janela de transferências onde gastou 20 milhões de dólares em reforços(11 somente em Lucas Pratto), começou mal a Super Liga com um triunfo, um empate e três derrotas, com um nível de jogo muito baixo, o pior nos quatro anos de Gallardo como treinador. Joga mal e não consegue encontrar o time ideal nem mesmo com vários testes", afirmou Martin Burgos, repórtar da Goal Argentina.

A situação do River é tão complicada que a equipe está em 20º lugar na tabela de classificação num torneio de 28 clubes. Além disso, a distância para o Boca Juniors, seu maior rival, chega a 24 pontos. Para Martin, a queda de rendimento do River começou em 2017, quando a equipe sofreu uma virada inacreditável para o Lanus, na Copa Libertadores.

Leonardo Ponzio Rodrigo Mora Lanus River Plate Superliga Argentina 11022018
(Foto: Getty Images)

"Isso vem desde e eliminação para o Lanús, na última Copa Libertadores, início de novembro, quando vencia por 3 a 0 e eles reverteram deixando a equipe fora da decisão. A partir daí, ganhou a Copa Argentina mas fez muito e os reforços,  além de Pratto, chegaram Franco Armani, Juan quintero e Bruno Zuculini, ainda não encaixaram".

Apesar disso, Martín alertou que os principais problemas estão com jogadores que já estavam na equipe como Maidana, Nacho, Fernández, Scocco, Casco, Pinola. Ele também destacou que mesmo vivendo um momento complicado, a Libertadores é a grande obessão do Grêmio na temporada.

"Sem dúvida a Copa Libertadores é a grande obsessão do River na temporada e tudo está focado a ela neste semestre. No entanto, o ponto fraco da equipe hoje é praticamente tudo já que está como o ânimo e o futebol em baixa".

Para Martin, uma vitória contra o Flamengo seria uma espécie de milagre para o River Plate, que respeita a equipe que chegou na final da Copa Sul-Americana na última temporada.

Flamengo Independiente Copa Sudamericana 13122017
(Foto: Getty Images)

"O River sabe que o Flamengo é um rival duro, é o mais complicado do grupo depois da boa campanha na Copa Sul-Americana, onde chegou até a final. Ainda que não digam, um empate seria um grande resultado e ganhar, neste contexto, seria um milagre".

Por fim, Martin destacou a ausência de Gonzalo Martínez, um dos principais jogadores da equipe que não viajou ao Brasil para a partida.

"A grande ausência da equipe é Gonzalo Martínez, o numero 10 e jogador que mais desequilibra, ele está lesionado e não viajou ao Brasil"

Para o duelo contra o Flamengo, Gallardo deve levar a campo a seguinte equipe:  Armani; Mayada, Martínez Quarta, Pinola, Saracchi; Ponzio, Zuculini; Enzo Pérez, Quintero; Mora y Pratto, aunque todavía falta uno o dos ensayos más. 

Flamengo e River Plate se enfrentam nesta quarta-feira(28), às 21h45(horário de Brasília), no estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro. A partida é válida pela primeira rodada da fase de grupos da Copa Libertadores da América. 

Próximo artigo:
Fora do time títular, Rabiot estuda entrar na justiça contra o PSG
Próximo artigo:
Santos no Mercado: Quem chega, quem sai e quais as prioridades para 2019?
Próximo artigo:
Jiangsu Suning tenta negociar saída de Ramires para contratar Diego Tardelli
Próximo artigo:
General Mourão assume a Presidência da República, mas não esquece de comemorar a vitória do Flamengo e o tropeço do Botafogo
Próximo artigo:
Arsenal faz sondagem para fechar empréstimo com James Rodriguez
Fechar