Courtois nega ter problema de ansiedade e pede fim de "mentiras e falta de respeito"

Comentários()
Getty Images
Goleiro falou após a goleada da Bélgica sobre San Marino, que classificou a equipe de Roberto Martínez para a Euro 2020

Thibaut Courtois negou que sofra de problemas de ansiedade e fez um apelo aos meios de comunicação para que tenham responsabilidade e respeito diante assuntos como esse. Ao final da goleada da Bélgica sobre San Marino, por 9 a 0, pela sétima rodada das qualificatórias da Euro 2020, Courtois foi defendido pelo treinador Roberto Martínez e disse estar "muito feliz" com sua situação atual no Real Madrid.

Quer ver jogos ao vivo ou quando quiser? Acesse o DAZN e faça o teste por um mês grátis!

"Eu sei o que é se espera de um jogador de elite. Estou muito feliz e não tenho esses problemas", disse ao ser perguntado sobre a prodecedência dos boatos de que sofria do distúrbio.

O causo começou quando Courtois foi substituído no intervalo do empate em 2 a 2 entre Real Madrid e Club Brugge, pela Champions League. No jogo seguinte por LaLiga, o titular da meta foi o francês Alphonse Aréola. Especulou-se que Courtois estava tendo suas atuações irregulares devido à problemas de ansiedade por jogar em um clube como o Real Madrid.

Mais artigos abaixo

Ele aproveitou para pedir "responsabilidade" aos meios de comunicação. E falou pelo fim das mentiras.

"Peço responsabilidade aos meios de comunicação para não contarem mentiras e absurdos como essas porque, afinal, esses são problemas que as pessoas sofrem de verdade. Acho uma falta de respeito com o jogador e com as pessoas que sofrem verdadeiramente", falou Courtois.

 

Fechar