Corinthians repete primeiro turno na reta final, supera péssimo desempenho de boa parte do returno e é heptacampeão brasileiro

Comentários()
MIGUEL SCHINCHARIOL/AFP/Getty
Com a vitória por 3 a 1 sobre o Fluminense, nesta quarta-feira (15), em Itaquera, Timão chegou aos 71 pontos e não pode ser mais alcançado por ninguém


GOAL Por Fernando H. Ahuvia 

O Corinthians é heptacampeão brasileiro e faz a festa ao lado do seu torcedor, em Itaquera, com três rodadas de antecedência. Isso, porém, só se tornou possível graças a arrancada nos últimos quatro confrontos, contando a vitória desta quarta-feira (15), por 3 a 1, sobre o Fluminense, e também aos inúmeros tropeços dos seus concorrentes ao título.

Líder desde a quinta rodada do Campeonato Brasileiro, o Corinthians conseguiu repetir na reta final da competição seus melhores resultados depois de um período de péssima fase por conta da queda brusca nos dois primeiros terços do returno para ser campeão.

Nos primeiros 19 jogos do Brasileirão, o Corinthians entrou para a história como o primeiro time a fechar o primeiro turno de maneira invicta desde que a competição passou a ser disputada no formato de pontos corridos. Com 14 vitórias e cinco empates, o Timão somou 47 pontos (82,5% de aproveitamento), superando o Palmeiras, no segundo turno de 2016, quando somou 44 pontos, e também Atlético-PR, em 2004, e São Paulo, em 2008, que ficaram 18 rodadas sem perder.

Além disso, o Corinthians igualou em pontos o Cruzeiro de 2003 ao término do primeiro turno, mas com quatro jogos a menos já que naquele ano 24 equipes disputaram a competição.

No returno, contudo, a previsão do técnico Renato Gaúcho de que o líder despencaria aconteceu. O time tão elogiado pela excelente marcação e por ser fatal na hora de aproveitar os erros adversários para vencer seus jogos, caiu de produção. Em 12 jogos, a equipe alvinegra contabilizou seis derrotas, três empates e somente três vitórias.

Faltou, porém, o próprio Grêmio e os outros adversários na luta pelo título conseguirem tirar essa diferença para o Corinthians. O time gaúcho, focado na Libertadores, poupou alguns de seus jogadores e tem uma campanha no returno inferior a do líder Corinthians (21 a 19 pontos). O Santos, por sua vez, chegou no início da rodada com o mesmo aproveitamento do rival (46,67%).  

Único time melhor que o Timão no returno, o Palmeiras (25), foi quem mais ameaçou. Chegou a depender apenas de si próprio para ser campeão, mas empatou com o Cruzeiro, foi derrotado no Derby e viu a diferença geral aumentar para 11 pontos no início da 34ª rodada.

Essa diferença também só aumentou porque após um período de turbulência o Corinthians conseguiu retomar um pouco do padrão daquela equipe que impressionou na primeira metade do Brasileiro mostrando solidez defensiva e voltando a balançar as redes (oito tentos em quatro jogos). 

Jo Corinthians Fluminense Brasileirao Serie A 15112017
(Foto: MIGUEL SCHINCHARIOL/AFP/Getty)

Fechar