Corinthians precisa acelerar negociações para iniciar 2018 com base quase completa

Comentários()
Rodrigo Gazzanel/Ag. Corinthians/Divulgação
Até aqui, Timão ainda não repôs saídas dos três titulares do heptacampeonato brasileiro

Muitos dias antes de conquistar o heptacampeonato brasileiro, a diretoria do Corinthians já se movia nos bastidores para adiantar o planejamento para 2018 na esperança de ter na reapresentação dos jogadores e da comissão técnica após as férias, marcada para 3 de janeiro, o elenco praticamente completo para a pré-temporada. O comandante Fábio Carille, porém, ainda tem muitas dúvidas e será preciso acelerar as negociações para ao menos trazer os substitutos para os três titulares absolutos de 2017 que até aqui deixaram o clube: Pablo, Guilherme Arana e Jô.

Até aqui, o único jogador que já assinou contrato com o Timão é Júnior Dutra, que estava no Avaí. O volante Renê Júnior também já tem tudo acertado. Os dois, porém, chegam, a princípio, apenas como peças para compor o elenco.

Romero - Corinthians - 26/11/2017
(Foto: © Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians)

Dos três setores desfalcados, o mais próximo de uma solução é a lateral-esquerda. As negociações por Juninho Capixaba, lateral do Bahia, estão bem encaminhadas e devem terminar com a contratação por um valor financeiro e a troca de três jogadores. O Corinthians também negocia com Danilo Avelar, que pertence ao Torino, da Itália, e atua emprestado no Amiens, da França.

Na zaga, o Corinthians segue estudando uma peça para substituir Pablo, mas ainda não conseguiu avançar com nenhum nome. Além disso, a diretoria tenta definir a renovação de contrato de Balbuena. Um dos empresários do paraguaio é aguardado nos próximos dias para uma reunião, onde o Timão tentará estender o vínculo que vai até dezembro de 2018.

Balbuena - Corinthians - 26/11/2017
(Foto: © Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians)

No ataque está a ausência mais sentida. Craque e artilheiro do Brasileirão, Jô está de saída para o futebol japonês após ele e o Corinthians terem recebido uma proposta irrecusável de aproximadamente R$ 40 milhões de reais. O Timão avalia alvos no mercado internacional. Dentro do Brasil, a negociação com Tréllez esfriou nos últimos dias já que o Vitória mantém firme a decisão de só liberar o jogador mediante ao pagamento da multa rescisória, de R$ 10 milhões.

Além destas negociações, o Corinthians também monitora outras possibilidades de contratações, como a do meia Gustavo Scarpa, do Fluminense, e tenta não perder mas nenhum atleta importante neste ano. Nomes como Balbuena, Maycon e Rodriguinho estão valorizados, mas até agora não houve nada de concreto. 

Fechar