Corinthians deixa renovação de Otero e Cazares apenas após "definição" do Brasileiro

O Corinthians tem um começo de ano tranquilo em 2021, à espera de uma maratona de jogos, e aguarda saber quais são as aspirações da equipe em 2021 para definir questões prioritárias do elenco, como a renovação ou não dos meias Romulo Otero e Juan Cazares após o fim dos seus contratos, em junho de 2021.

Futebol ao vivo ou quando quiser? Veja como experimentar o DAZN grátis por um mês!

A dupla, ao lado do zagueiro Jemerson, assinou contratos curtos com o Timão no segundo semestre do ano passado e, teoricamente, já poderiam até assinar um pré-vínculo com outros clubes. No Parque São Jorge, porém, há segurança de que isso não acontecerá.

Ainda que reconheçam o bom desempenho de Otero e Cazares até aqui, ambos titulares com Vagner Mancini, os corintianos têm em mente que é necessário que haja uma definição exata sobre o que esperar para a temporada 2021 antes de resolver as situações.

Cazares Corinthians
Foto: Rodrigo Coca / Divulação Corinthians

Exemplo: caso conclua a arrancada que se insinua no momento no Campeonato Brasileiro e conquiste um lugar na fase de grupos da Copa Libertadores, ficará claro que ambos transformam o Corinthians em um concorrente ao título nacional já no ano que vem, justificando uma renovação com aumento salarial e uma permanência de mais longo prazo.

Por outro lado, caso o Timão não consiga manter o atual desempenho e fique, quem sabe, fora da competição continental, é possível que algum dos três nem sequer permaneça para a temporada que se avizinha. Ainda mais porque a gestão Duílio Alves, recém empossada, já avisou que pretende se pautar pela responsabilidade com as finanças do clube.

Mais artigos abaixo

Como não há um intervalo entre as temporadas, com o Brasileiro terminando no dia 24 de fevereiro e o Paulista 2021 se iniciando no dia 28 do mês que vem, a cúpula alvinegra enxerga a sequência derradeira de janeiro como o indicativo fundamental do que o Corinthians conseguirá na atual temporada.

São seis jogos em apenas 18 dias, com confrontos diretos diante de Fluminense, Palmeiras e Santos, além de encontros com Bahia, Sport e Red Bull Bragantino. O primeiro compromisso é frente ao Flu, no dia 13, quarta-feira, na Neo Química Arena.