Notícias Placares ao vivo
Corinthians

Corinthians defende torcedor que criticou Bolsonaro e vê ação da PM como "atentado" à democracia

12:51 BRT 06/08/2019
Arena Corinthians - Torcida - 27/09/2018
Rogério Lemes foi algemado dentro da Arena Corinthians e divulgou o ocorrido nas redes sociais

O Corinthians divulgou nessa terça-feira (06) uma nota oficial defendendo o torcedor Rogério Lemes Coelho, que foi algemado dentro da Arena Corinthians, durante o clássico entre Corinthians e Palmeiras, pelo Brasileirão. O torcedor xingava o Presidente da República, Jair Bolsonaro, que não estava presente no dérbi.

Quer ver jogos do Timão na Sul-Americana ao vivo ou quando quiser? Acesse o DAZN e faça o teste por um mês grátis!

O clube paulista condenou a ação da Polícia Militar de São Paulo e qualificou o episódio como "um grave atentado às liberdades individuais no Estado Democrático de Direito".

Já a Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo citou que a inteção era "preservar a integridade física do torcedor", já que ele proferia palavras ofensivas ao Presidente.

Confira abaixo a nota do Corinthians:

A Arena e o Sport Club Corinthians Paulista vêm a público repudiar o episódio que resultou na detenção do torcedor Rogério Lemes Coelho durante o jogo ocorrido no último domingo (04) contra o Palmeiras na Arena Corinthians, após sua manifestação contra o Presidente da República. O clube historicamente reitera seu compromisso com a democracia e a defesa do direito constitucional de livre manifestação, desde que observados os princípios da civilidade e da não violência. A agremiação lembra que diferentes autoridades, entre elas o presidente do clube, já foram alvo de manifestações da torcida durante os mais variados eventos esportivos realizados no local e o episódio caracteriza-se como um grave atentado às liberdades individuais no Estado Democrático de Direito.