Notícias Placares ao vivo
Monaco

Conexão Francesa: Gelson Martins se provando como salvador do Monaco

07:52 BRT 22/02/2019
Gelson Martins Monaco 2018-19
O atleta tem sido decisivo na equipe do Estádio Louis II desde que chegou do Atlético de Madrid por empréstimo

Durante cinco longos meses, o Monaco passou por um dos seus piores momentos na Ligue 1, se afundando cada vez mais nas posições do Campeonato Inglês.

Uma ação drástica foi tomada em janeiro, com uma extensa lista de transferências e a mudança de treinador. Thierry Henry deixou o cargo para Leonardo Jardim reassumir a posição de técnico do clube.

Só que talvez a decisão mais importante do time tenha sido contratar Gelson Martins, emprestado pelo Atlético de Madrid.

Desde a estreia do jogador nas semifinais da Copa da Liga Francesa, frente ao Guingamp - partida na qual o Monaco perdeu por 5 a 4 nos pênaltis -, o português, de 23 anos, tem sido a “luz no final do túnel”.


(Foto:Getty Images)

Martins contribuiu com duas assistências na estreia. Na sequência, foi destaque durante a primeira vitória do time francês em casa na competição nacional contra o Toulouse, por 2 a 1. Mas o seu primeiro gol ocorreu uma semana depois, em Montpellier, no empate em 2 a 2, no qual Falcão Garcia também balançou as redes. A última partida de Martins com o Monaco, até o momento, foi no último sábado (16), durante a vitória por 1 a 0, contra o Nantes.

O atleta não venceu o duelo sozinho, mas é justo dizer que a atuação contribuiu diretamente para que o elenco comandado por Jardim conseguisse subir da 19ª posição à 16ª, antes do clássico diante o Lyon neste domingo (24).

Tal como o atual clube, Martins teve uma infeliz primeira metade de temporada. Atolado em controvérsia quando encerrou o contrato com o Sporting, clube que atuava desde os 15 anos de idade, Martins se esforçou para encontrar a melhor forma no Atlético de Madrid, que logo o colocou no mercado de transferências.

Martins atuou em apenas 12 partidas com os espanhóis e em grande parte ficou no banco de reservas. Feito que não o ajudou a justificar os 100 milhões de euros que o Sporting estava pedindo ao Atlético.

Um novo começo foi necessário para o jogador que, uma vez, esperava se tornar o próximo Cristiano Ronaldo ou o Luis Figo. E Martins descobriu isso no Monaco.

Porém, não foi nos ícones portugueses que o atleta procurou inspiração, mas sim, na América do Sul, especificamente, no Brasil, com Robinho.

“Eu o vi na televisão e tentei copiar tudo o que ele fazia”, disse Martins em entrevista à Federação Portuguesa. “Eu era rápido como ele. Eu sempre fingi ser ele na rua”.

Gelson Martins provou ser um sucessor digno de Robinho e possui todas as características de dribles exigidas para ser um jogador de alto nível, aliando com a velocidade e agilidade que o fazem um pesadelo aos adversários

Até mesmo o ultraconservador treinador de Portugal, Fernando Santos - criticado pela sua falta de confiança nos jovens atletas - foi forçado a apostar em Martins quando chegou à equipa principal do Sporting, na qual se estabeleceu como titular por três temporadas antes de se mudar à Espanha, após um grupo de torcedores atacarem os jogadores durante o treinamento.

Se a mudança para o Atlético ainda não deu certo, o Monaco saiu beneficiado com a história, já que após o empréstimo o jogador claramente quer mostrar do que é capaz de fazer em campo.

"Eu conhecia o clube e alguns jogadores que estão aqui e isso me ajudou a se integrar", disse ele. “A situação do clube é uma fonte adicional de motivação para mim. Vim com muito desejo de ajudar o time e espero que possamos vencer nossos próximos jogos para sair dessa posição”.

Há pouco perigo de o Mónaco voltar a ter novos problemas com as últimas posições, talvez, a única preocupação agora seja manter Martins no elenco depois de o final do empréstimo. Apesar dos relatos de uma cláusula de bônus no contrato, o jogador negou que a cada vitória o seu valor de mercado aumente. Dada as circunstâncias do clube, é um empecilho que o Monaco tem o prazer em ter.