Companheiro de Messi e CR7, Dybala exalta Neymar e Mbappé: "Podem superar Leo e Cristiano"

Comentários()
Craque argentino da Juventus elogia dupla do Paris Saint-Germain

Paulo Dybala tem uma sorte rara no futebol. O craque da Juventus tem o privilégio de jogar ao lado de Lionel Messi na Argentina e de Cristiano Ronaldo na Vecchia Signora.

Como esperado, o camisa 10 da Juve não quis escolher o melhor entre os dois companheiros, que ganharam cinco vezes cada o prêmio de melhor jogador do mundo e dominaram a disputa pela Bola de Ouro na última década, com Luka Modric quebrando a hegemonia da dupla em 2018.

No entanto, Dybala deu uma declaração interessante. Para ele, Neymar e Mbappé serão os melhores do planeta e podem superar até mesmo Messi e CR7.

"Neymar caminha para ser o melhor jogador de todos, o vi fazer coisas incríveis e não para de me surpreender. É um jogador fantástico, que vai chegar a ser o maior, porque ainda lhe falta muito para dar. Enfrentei Mbappé quando jogava no Monaco e, com pouca idade, já se via que iria chegar muito longe. É um campeão do mundo e o que fez foi impressionante. Dentro de muito pouco tempo vai se colocar na elite dos melhores, entre aqueles que se diferenciam do resto como Messi e Cristiano", disse ao Telefoot.

Dybala Messi Cristiano

"Mas, por enquanto, Messi e Cristiano seguem sendo os melhores. Disfruto de Ronaldo no clube e estive com Leo na seleção, é impossível fazer uma comparação entre ambos e dizer quem é melhor. Eles estão no mesmo nível, muito acima do resto há alguns anos e são diferentes, podem definir partidas", opinou.

"Cristiano é alguém exemplar nos treinamentos e na vida cotidiana, aprendo muitíssimo com ele", encerrou Dybala, quando questionado especificamente sobre o jeito de ser do gajo.

Próximo artigo:
Buscas por avião que transportava Sala entram no terceiro dia; siga as notícias em tempo real
Próximo artigo:
Buscas por avião desaparecido com argentino Sala são retomadas
Próximo artigo:
Insatisfeito, Felipão diz que mudará quase todo o time do Palmeiras
Próximo artigo:
Copa América: qual é o histórico de Neymar na competição?
Próximo artigo:
"Que seja feita a sua vontade", desabafa Neymar após lesão
Fechar