Como David Luiz superou Terry e Lampard e quebrou regra de renovação no Chelsea

Comentários()
Getty Images
Sondado pelo futebol asiático, brasileiro tirou vantagem da proibição dos blues de contratar e assinou por duas temporadas

John Terry e Frank Lampard seguramente estão entre os maiores ídolos da história do Chelsea, mas foi David Luiz o responsável por quebrar uma regra que há anos vigora no clube. Aos 32 anos, o zagueiro brasileiro renovou na semana passada contrato por mais duas temporadas, algo que era combatido com unhas e dentes desde a chegada do magnata russo Roman Abramovich.

Internamente, os blues têm (ou tinham) por norma oferecer apenas uma temporada para os jogadores considerados "veteranos". Lampard e Terry passaram por isso em 2013 e 2016, respectivamente. O caso do zagueiro, na ocasião com 35 anos, acabou por ser mais emblemático, visto que a negociação durou meses e gerou grande discussão na imprensa, sobretudo porque  o jogador esperava fechar um vínculo maior.

Contratos de curta duração também são aplicados para os reforços. Antes de trocar a Juventus pelo PSG, em 2017, Dani Alves chegou a negociar com o Chelsea. O desejo do experiente lateral-direito de acertar por dois anos fez a negociação cair.

Como, então, David Luiz obteve um vínculo maior? Apesar de ter iniciado as conversas fazendo questão de assinar por mais de um ano, o camisa 30 cada vez mais se mostrava disposto a reduzir a pedida por causa da forte ligação criada com Maurizio Sarri. O treinador italiano, recorde-se, insistiu diversas vezes, até mesmo publicamente, na renovação do defensor.

Mais artigos abaixo

Também considerado um nome consagrado no Chelsea, tendo, por exemplo, conquistado a Liga dos Campeões em 2011/12, o brasileiro viu o cenário mudar em seu favor quando a Fifa recentemente manteve a proibição que impede o clube londrino de contratar até julho de 2020 (por ter infringido os regulamentos na contratação de jogadores menores de idade). 

Abrir mão de um titular importante - e também líder do grupo - sem ter condições depois de buscar de imediato um substituto no mercado foi determinante para o zagueiro revelado pelo Vitória renovar até 2021. Com a forte possibilidade de perder o jogador para o futebol asiático, onde, sabe a Goal, era desejado pelo Guangzhou Evergrande, da China, e por um clube do Catar, os blues resolveram passar por cima da antiga regra.

Apaixonado por Londres, David Luiz chegou ao futebol inglês em 2010, depois de ganhar destaque internacional no Benfica. Saiu para defender o PSG por duas temporadas e meia, mas voltou ao clube em 2016. Tem até o momento 247 jogos oficiais, 18 gols e cinco títulos de expressão com a camisa do Chelsea. 

Fechar