Com muita liberdade, Neymar dá show e mostra que está muito acima do nível da Ligue 1

Comentários()
Gettyimages
Dois gols, duas assistências e lindas jogadas: craque brasileiro teve exibição de gala em goleada do PSG

A expectativa pela estreia de Neymar no Parque dos Príncipes era enorme, e foi correspondida. Na tarde deste domingo (20), o craque brasileiro deu um show na goleada do Paris Saint-Germain, por 6 a 2, sobre o Toulouse, pela Ligue 1.

A equipe de Neymar, que tenta recuperar a hegemonia doméstica após ver o Monaco conquistar a França na última temporada, assumiu a liderança da competição com a vitória, levando vantagem sobre o próprio Monaco e o St. Étienne no saldo de gols, e deve muito disso ao brasuca.

O camisa 10 participou de nada mais nada menos que cinco dos seis gols de seu time. Na estreia, contra o Guingamp, ele já tinha anotado um tento e dado uma assistência.

Com muita liberdade, atuando aberto pelo lado esquerdo mas se movimentando muito, caindo pelo centro, pela direita e flutuando entre as linhas de marcação do adversário, Neymar teve uma atuação de gala.

Veja o mapa de calor de Neymar na partida:

O brasileiro marcou dois gols, deu duas assistências e sofreu um pênalti. O primeiro tento foi fácil de se marcar, já o segundo, apesar de um lance confuso, foi bonito. Os parceiros, com ajuda do craque, fizeram golaços. Pastore, de fora da área, acertou lindo chute colocado no ângulo. Rabiot, após tabela com Neymar, acertou linda finalização, enquanto Kurzawa, aproveitando cobrança de escanteio do camisa 10, fez um gol absurdo de voleio. Cavani, na penalidade sofrida pelo tupiniquim, completou o placar.

Além disso, Neymar também encantou a torcida com arrancadas, belos dribles e passes e jogadas de efeito. O lance mais marcante foi uma linda carretilha - lambreta, dependendo do estado no Brasil.

Confira os números de Neymar no jogo:

Como foi em sua estreia, Neymar participou muito do jogo e foi decisivo, e teve ótimos números. Ele teve três finalizações certas nos 90 minutos em campo. Duas foram gols. Além das assistências, criou sete chances de tentos, deu 64 passes, acertando 75% deles, e ainda tocou 118 vezes na bola.

Foi mais um show do brasileiro na Ligue 1, e ele segue provando, contra adversários limitados como Guingamp e Toulouse, que está muito acima do baixo nível técnico do Campeonato Francês. Neymar é bom demais para a fraca Ligue 1.

Fechar