Com força, rapidez e habilidade, Senegal quer voltar a surpreender na Copa do Mundo

Comentários()
Getty Images
Time do técnico Aliou Cissé conta com a habilidade de Sadio Mané para fazer história com a seleção

Com um time forte, rápido e contando com a habilidade de Sadio Mané, a seleção de Senegal volta à Copa do Mundo após 16 anos, fazendo apenas a sua segunda aparição na competição.

Comandada pelo ex-jogador Aliou Cissé, de 42 anos, Senegal fez uma boa eliminatória africana e se classificou com tranquilidade. Na fase de mata-mata da competição, empatou em 2 a 2 com Madagascar fora de casa, e venceu por3 a 0 em seus domínios. Já na etapa de grupos, terminou como foi líder, com 14 pontos conquistados, em seis jogos (4 vitórias e 2 empates), deixando Burkina Faso, Cabo Verde e África do Sul para trás.

Sadio Mane Senegal Tunisia
(Foto: Getty Images)

O destaque da equipe é Sadio Mané, atacante que foi um dos pilares do ataque do Liverpool na última temporada. Mané, forte, driblador e ágil, é o reflexo do futebol apresentado por Senegal em sua campanha até a Rússia. No total, foram 15 gols e apenas 5 sofridos, em oito jogos disputados.

Preparação para a Copa

croatia senegal - Luka Modric Idrissa Gana Gueye -08062018
(Foto: Pixsell)

Os amistosos preparatórios para o Mundial quase tiraram a confiança dos senegaleses. Isso porque o time empatou com Uzbequistão (1 a 1 em março de 2018), Bósnia (0 a 0 em março de 2018) e Luxemburgo (0 a 0 em maio de 2018). Além disso, sofreu uma derrota por 2 a 1 para a Croácia (em junho de 2018). Porém, uma vitória conquistada sobre a Coréia do Sul por 2 a 0 nesta segunda-feira (11) reacendeu a chama de esperança e a confiança, que estava estremecida, voltou ao elenco.

O que esperar de Senegal na Rússia

Os senegaleses, apesar de rumarem apenas para o segundo Mundial em sua história, trazem uma lembrança boa: em 2002 a equipe alcançou as quartas de final, eliminando a atual campeã, França, na fase de grupos, caindo nas quartas de final para a Turquia na prorrogação.

E a intenção é repetir o feito. Aliou Cissé, comandante da equipe senegalesa em 2002, quer que o time tenha o mesmo espírito de luta e conta com a força e habilidade, principalmente de Mané, para avançar às eliminatória da Copa.

Senegal estreia na Copa do Mundo contra a Polônia, às 12h (de Brasília),no dia 19 de junho. Depois, a equipe enfrenta o Japão, no dia 24 de junho, às 11h (de Brasília), e encerra a fase de grupos contra a Colômbia, dia 28 de junho, às 11h (de Brasília).

Próximo artigo:
Corinthians (3)2x2 (4) Vasco: nos pênaltis, Cruz-Maltino garante vaga na final da Copa São Paulo
Próximo artigo:
Botafogo no Mercado: Quem chega e quem sai em 2019?
Próximo artigo:
Cristiano Ronaldo recebe críticas após foto sorrindo em avião em dia de possível tragédia
Próximo artigo:
São Paulo 5x2 Guarani: Tricolor goleia e vai para a final da Copinha
Próximo artigo:
Mercado da bola: os principais rumores de Corinthians, São Paulo, Flamengo e os grandes clubes do Brasil
Fechar