Com a chegada de Ricardo Gourlart, qual a melhor formação para o Palmeiras?

Comentários()
Divulgação SE Palmeiras
Meia-atacante assinou contrato de empréstimo até o fim do ano com o Verdão

O Palmeiras, atual campeão brasileiro e tido por muitos como o melhor elenco do futebol brasileiro, está ainda mais forte depois do anúncio da chegada por empréstimo de Ricardo Goulart até dezembro de 2019.

A chegada de Goulart, aliás, deve mexer na formação titular do Verdão. Além da qualidade técnica, o jogador, que foi um dos grandes destaques do bicampeonato brasileiro do Cruzeiro em 2013 e 2014, também brilhou com Felipão no Guanghzou Evergrande, da China.


Quais as opções de Felipão?


A tendência é que, quando Ricardo Goulart terminar sua recuperação por conta de uma cirurgia no joelho direito realizada no fim de outubro, Felipão o escale como armador no tradicional 4-2-3-1 consagrado no ano passado com a conquista do Brasileirão.

Foi assim também que Goulart brilhou no Cruzeiro e por muito tempo na China: jogando atrás do centroavante e mostrando ótima leitura de espaço. Nesse caso, o novo reforço do Palmeiras entraria no lugar ocupado hora por Lucas Lima e hora por Moisés em 2018, com Dudu e Scarpa (no lugar do lesionado Willian) abertos nas pontas e Borja como 9.

Palmeiras PS - Escalações Ricardo Goulart - 15/01/2019

Outra possibilidade, inclusive exercida por Goulart depois da chegada de Anderson Talisca ao Guanghzou, é a de jogar como o camisa 9.

Nesse cenário, Ricardo Goulart entraria no lugar de Borja na frente. Lucas Lima ou até mesmo Moisés entrariam para atuar num 4-1-4-1 ao lado de Bruno Henrique no meio, com Dudu e Gustavo Scarpa abertos e Felipe Melo mais atrás.

Palmeiras PS - Escalações Ricardo Goulart - 15/01/2019

Uma terceira opção, menos provável, seria jogar no 4-4-1-1. Aqui, Ricardo Goulart poderia atuar com outro atacante mais móvel assim como ele, como Deyverson, por exemplo. Dudu e Scarpa seguiriam abertos, enquanto Bruno Henrique jogaria centralizado ao lado de Felipe Melo.

Palmeiras PS - Escalações Ricardo Goulart - 15/01/2019

Fechar