Chile x Uruguai: o que importa no jogo entre os últimos campeões?

Comentários()
Getty Images
Reencontro entre Cavani e Jara, liderança do grupo e as consequências disto prometem ditar as emoções dentro do Maracanã

Chile e Uruguai se enfrentam às 20h desta segunda-feira (24) dentro do Maracanã. Um duelo que vale a liderança do Grupo C e muito mais! Confira abaixo cinco motivos para não perder o encontro entre os dois últimos países campeões da Copa América.

Encontro de campeões

Alexis Sanchez Chile Copa America 2016Alexis Sánchez comemora o título em 2016 (Foto: Getty Images)

Nesta década, apenas chilenos e uruguaios levantaram a taça continental de seleções mais antiga do mundo. A Celeste foi campeã em 2011, embalada pelos quatro gols marcados por Luis Suárez [inclusive na final, vencida por 3 a 0 sobre o Paraguai] enquanto os chilenos viram a sua geração mais espetacular bater a Argentina de Messi nas finais de 2015 e na edição 2016, a de centenário do certame.

Quer ver jogos ao vivo ou quando quiser? Teste o DAZN com um mês grátis!

Chile x Uruguai: Horário, local, onde assistir e prováveis escalações

O encontro entre uruguaios e chilenos tem sido marcado por grande equilíbrio: nos últimos quatro duelos, foram duas vitórias para cada lado. Entretanto, quem carrega as melhores lembranças recentes são os chilenos: venceram nas quartas de final da Copa América de 2015 [que também entrou para a história por uma razão escatológica que será lembrada abaixo] e no último jogo válido pelas Eliminatórias para o Mundial de 2018 – resultado insuficiente para levar os atuais bicampeões para o torneio realizado na Rússia.

Reencontro de Jara x Cavani

Jara Cavani Copa América 2015 24062015

A última partida mais importante entre Chile e Uruguai aconteceu nas quartas de final da Copa América de 2015, realizada em terras chilenas, e foi vencida por 1 a 0 em um encontro marcado pela polêmica mais escatológica dos últimos anos no futebol.

O jogo ainda estava empatado sem gols quando o lateral Gonzalo Jara resolveu provocar o atacante uruguaio Edinson Cavani de forma baixa: introduziu o dedo no ânus do adversário que, tomado pela ira, reagiu ao absurdo com violência. Sem saber o que havia ocorrido o árbitro expulsou Cavani aos 63 minutos. Com um atleta a mais em campo, o Chile venceu por 1 a 0 graças ao gol de Isla na reta final do embate.

A partida desta segunda-feira (24), no Maracanã, poderá marcar o terceiro encontro entre ambos desde o ocorrido. A incerteza fica somente pela pouca utilização de Jara na equipe treinada por Reinaldo Rueda: o lateral é um reserva pouco utilizado até aqui enquanto Cavani é titular absoluto na Celeste Olímpica.

Primeiro Lugar do Grupo

O motivo mais importante, entretanto, é a liderança da chave. Os chilenos estão na primeira posição, com seis pontos conquistados após goleada por 4 a 0 sobre o Japão, na estreia, e os 2 a 1 obtidos perante o Equador. Já o time do técnico Óscar Tabárez goleou os equatorianos por4 a 0 na primeira rodada e ficaram no 2 a 2 com os japoneses na segunda. A liderança no Grupo C é importante por duas consequências diretas que iremos relatar abaixo.

Fugir da Colômbia

Colombia Gol a Paraguay Copa América 2019(Foto: Getty Images)

Quem ficar na segunda posição terá pela frente a seleção colombiana, a única 100% após três jogos até o momento e que aparenta viver grande fase.

Tempo de descanso

Por último, mas longe de ser o menos importante, o líder desta chave também terá mais dias para se recuperar antes de voltar a campo. Quem avançar na primeira posição terá o próximo compromisso em 29 de junho, um dia a mais de descanso na comparação ao vice-líder – que entrará em campo em 28/06.
Não faltam motivos para você acompanhar este jogão!

Fechar