Chelsea corre risco de ficar "sem estádio, sem técnico e sem estrela", alerta ex-diretor

Comentários()
Getty/Goal
Blues colocam planos de renovar estádio na gaveta e segue com indefinição sobre futuros de Hazard e Conte

O Chelsea foi alertado publicamente por seu ex-diretor executivo, Trevor Birch, de que o clube está comprometendo seu futuro e corre o risco de ficar sem estádio, sem técnico e sem um astro em campo.

Recentemente, o clube teve de frear os planos de reformar Stamford Bridge, enquanto o dono do clube, Roman Abramovich, trabalha na renovação de seu visto para permanecer no Reino Unido.

Stamford Bridge 04052014
(Foto: Getty Images)

Além desta situação nada agradável, os Blues também têm que lidar com questões relativas à situação no comando – com Antonio Conte cada vez mais próximo de uma possível demissão, enquanto as negociações com o ex-técnico do Napoli, Maurizio Sarri, continuam.

O meia Eden Hazard também está provocando rumores indesejados ao ser especulado com o gigante Real Madrid, fazendo o time inglês enfrentar ameaças que podem prejudicar seus esforços para a próxima temporada.

Eden Hazard Antonio Conte Chelsea
(Foto: Getty Images)

"Os torcedores do Chelsea agora enfrentam a possibilidade de não ter um estádio, nenhum técnico e nenhum craque se Eden Hazard se mudar para o Real Madrid.", diz Birch em entrevista ao programa britânico Today, da Rádio BBC. “Não fiquei muito surpreso com as notícias do estádio, porque está obviamente ligado à situação do visto de Abramovich. Nós mudamos para uma fase diferente agora. Se o problema com o visto não se resolver, acho que tudo pode acontecer. Há obviamente muita preocupação neste momento.”

Apesar de considerar o Chelsea ainda um patrimônio muito atraente para Abramovich ou para qualquer futuro dono em potencial, Birch acredita que os Blues decepcionaram com suas recentes transferências.

"É claro que para manter o valor de seu investimento, ele (Abramovich) precisa investir em jogadores – o que ele não faz,” concluiu.

Fechar