Chelsea: Derby quer manter Lampard, mas não fará oposição por saída

Comentários()
Getty Images
Treinador de time da Segunda Divisão Inglesa está na mira dos Blues para a vaga de Maurizio Sarri, que deve ir para a Juventus neste mercado da bola

O Derby County espera poder convencer Frank Lampard a permanecer, apesar de não ficar em seu caminho se o Chelsea finalizar as conversas para anunciá-lo como seu novo treinador.

Quer ver jogos ao vivo ou quando quiser? Acesse o DAZN e teste grátis o serviço por um mês!

De acordo com fontes familiarizadas com a situação de Lampard no Derby, a proprietária do clube, Mel Morris, ficou encantada com o trabalho que o ex-jogador, de 40 anos, fez no Pride Park e está até planejando oferecer-lhe um novo acordo.

Com Lampard no comando, o Derby chegou perto de garantir um lugar na Premier League para a temporada 2019/2020, perdendo por 2-1 para o Aston Villa na final do play-off em Wembley.

E o ex-meia do Chelsea continua sendo o favorito para substituir Maurizio Sarri, já que as negociações se iniciaram recentemente.

Apesar de tentar estender seu contrato, não é esperado que o Derby permaneça no caminho de Lampard se os Blues firmarem seu interesse e continuarem com as negociações para indicá-lo como seu novo comandante.

O clube da Premier League, no entanto, terá que pagar 3,5 milhões de libras para quebrar o seu contrato no Derby, caso finalizem uma transferência para seu lendário ex-jogador, com Sarri agora pronto para se juntar à Juventus.

Os campeões da Serie A pressionaram bastante para concluir um acordo com o italiano, e os londrinos receberão entre 2,7 milhões e 4,5 milhões de libras em compensação.

A diretora do Chelsea, Marina Granovskaia, manteve conversas cara a cara com o diretor esportivo da Juve, Fabio Paratici, em Londres, durante um período de dois dias, e os gigantes de Turim acreditam que fizeram progressos decisivos para garantir Sarri.

O antigo treinador da Juve, Massimiliano Allegri, o treinador do Ajax, Erik ten Hag, o treinador do Wolves, Nuno Espirito Santo, o treinador do Watford, Javi Gracia, e o antigo treinador do Paris Saint-Germain, Laurent Blanc, foram considerados para o cargo em Stamford Bridge.

No entanto, Lampard é o candidato favorito, já que os Blues se preparam para lidar com uma proibição de transferência de duas janelas, o que significa que precisarão fazer mais uso de seus emprestados e jovens jogadores na temporada 2019/2020.

O Chelsea optou por não pedir recurso da proibição para o Tribunal Arbitral do Esporte (TAS) depois que eles foram punidos por má conduta nas transferências de jogadores sub-18.

Mais artigos abaixo

A decisão de não pedir recurso é considerada estratégica, já que os Blues continuam a negar as irregularidades e apelaram para a proibição como um todo. Sua audiência judicial não será, no entanto, ouvida a tempo de eles assinarem com novos jogadores.

Em outra parte do clube, Willian ainda não assinou um novo contrato de dois anos, apesar do que foi divulgado na mídia, com o atacante se concentrando em seus compromissos com o Brasil na Copa América e nenhum anúncio iminente.

Fechar