Chelsea de Sarri chuta pra longe o mito do ‘jogar retrancado para vencer’

Comentários()
Getty Images
Em quatro rodadas, os Blues só venceram e apresentam números melhores na comparação aos times de Antonio Conte

Header Tauan Ambrosio

Jogar fechado na defesa, recusando a posse de bola e apostando tudo nos contra-ataques, com a promessa de fazer um ‘jogo de resultado’. É algo tido como verdade absoluta no futebol, justamente o esporte onde nada é 100% garantido.

O Chelsea treinado pelo italiano Maurizio Sarri, por exemplo, é só mais uma equipe a desmistificar essa afirmativa.

No último sábado (01), os londrinos bateram o Bournemouth por 2 a 0 em sua casa, o Stamford Bridge, e seguem 100% na Premier League. Assim como o badalado Liverpool, acumulam quatro vitórias no mesmo número de rodadas.

Fazem isso com um futebol que privilegia a posse de bola e habilidade técnica. Muito diferente ao que fazia o também italiano Antonio Conte, nas duas temporadas anteriores, com praticamente o mesmo grupo de atletas.

Willian Conte ChelseaAntonio Conte passou duas temporadas no Chelsea (Foto: Getty Images)

Conte passou duas temporadas distintas no Stamford Bridge. Na primeira delas, conquistou o título inglês; na segunda, não conseguiu sequer a vaga para disputar a Champions League e viu seu relacionamento interno implodir em meio aos péssimos resultados. A única constância estava no estilo de jogo de sua equipe: reativa e aquém de sua capacidade total. Resumindo: chato.

Chelsea - BournemouthChelsea 18-19: invencibilidade e jogo agradável (Foto: Getty Images)

Em quatro jogos, Sarri (que fez trabalho espetacular com o Napoli) já conseguiu fazer seus jogadores entenderem um novo modelo de jogo. Conquistou os 12 pontos em disputa, fazendo mais gols e sofrendo menos em relação ao Chelsea de Conte nas quatro primeiras rodadas das temporadas anteriores. Com muito mais posse de bola e domínio sobre o adversário.

O Chelsea 2018-19 trocou 2996 passes e acertou 2676 nestas quatro rodadas (acerto 89.3%, segundo a Opta Sports), fez 10 gols e sofreu apenas três. Em 2016-17 foram 1905 passes (1575 certos), 8 gols pró e 5 contra no mesmo período. E ainda que os adversários não tenham sido tão fáceis, no ano anterior, que terminou com o título, foram 2239 passes (1929 certos) com 9 tentos pró e 4 contra.

Mais artigos abaixo

Principal: o Chelsea da atual temporada obteve resultados melhores, já que Conte não conseguiu vencer todos os seus quatro primeiros jogos (nas duas vezes, foram três vitórias).

Mérito gigantesco de Sarri, mas também de seus comandados, que aliam inteligência à habilidade para jogar futebol. Se vai conquistar títulos ou não, é impossível afirmar. Entretanto, além de ter conseguido resultados melhores o Chelsea mostra um futebol melhor, mais agradável e condizente com o que pode fazer.

Adversários 16-17 Passes Passes certos Gols pró Gols contra Vitória
West Ham 556 480 2 1 1
Watford 560 488 2 1 1
Burnley 626 545 3 0 1
Swansea 488 416 2 2 0
Total 2230 1929 9 4 3
Adversários 17-18 Passes Passes certos Gols pró Gols contra Vitória
Burnley 521 446 2 3 0
Tottenham 280 195 2 1 1
Everton 583 500 2 0 1
Leicester 521 434 2 1 1
Total 1905 1575 8 5 3
Adversários 18-19 Passes Passes certos Gols pró Gols contra Vitória
Huddersfield 658 582 3 0 1
Arsenal 720 641 3 2 1
Newcastle 914 838 2 1 1
Bournemouth 704 615 2 0 1
Total 2996 2676 10 3 4

Fechar