Dani Alves e Buffon dizem o que faltou a Juventus, e Allegri resume o jogo em uma frase

Comentários()
Getty Images
O treinador da Juventus elogiou o primeiro tempo de sua equipe, mas reconheceu que nada pôde ser feito contra um avassalador Real Madrid

Não foi dessa vez. A Juventus chegou à final da Champions League com a melhor defesa e a esperança de reconquistar o título após 21 anos. Entretanto, em uma só partida levou mais gols do que nos 12 jogos anteriores e viu a taça orelhuda lhe negar pela 7ª decisão consecutiva.

Após a derrota, os jogadores não fugiram das perguntas. Reconheceram o poderio do Real Madrid e as falhas defensivas.

“Não fomos bem no que somos mais fortes. Não soubemos nos recuperar dos goles e quando isso acontece, se você baixa um pouco eles te machucam”, afirmou Dani Alves.

Real Madrid Juventus Champions League(Foto: Getty Images)

“Creio que os ganhadores sempre são merecidos. Para conseguir esta competição, você tem que ter algo a mais e subir um pouco o nível”, finalizou o brasileiro.


VEJA TAMBÉM:


Pela terceira vez em sua carreira, Gianluigi Buffon sentiu o amargo saber de chegar à decisão e perder.

Gianluigi Buffon Juventus Champions League(Foto: Getty Images)

“Fizemos tudo que estava ao nosso alcance para jogar essa final e poder vencê-la. Nós fizemos um grande primeiro tempo, mas acabamos tomamos um gol do Real Madrid. A verdade é que vencer esse campeonato é muito difícil, você precisa saber encarar as adversidades”, disse o goleiro.

“Para não poder dar muita vantagem para o Real Madrid, nós fizemos um bom primeiro tempo. A gente tentou, correu muito no primeiro tempo, mas infelizmente não conseguiu transformar as chances em gol. Já no segundo tempo, a força, a classe e atitude do Real Madrid foram vistas, e isso acabou fazendo com que eles vencessem. Não deu”, finalizou.

Massimiliano Allegri Juventus(Foto: Getty Images)

O discurso de ambos os craques foi repetido também pelo técnico Massimiliano Allegri: “Nós jogamos um futebol lindo no primeiro tempo. No segundo, o Real Madrid pisou no acelerador e nós não conseguimos responder”.

Fechar