Cech é exaltado por Unai Emery e companheiros do Arsenal após vitória

Comentários()
Getty Images
O arqueiro tcheco foi o grande destaque nos 2 a 0 impostos sobre o Everton, neste domingo (23)

O Arsenal conseguiu uma vitória importante neste domingo (23), ao fazer 2 a 0 sobre o Everton no Emirates Stadium. Alexandre Lacazette e Pierre-Emerick Aubameyang fizeram os gols para os londrinos no segundo tempo, mas o grande destaque foi o goleiro Petr Cech, que fez inúmeras defesas e manteve os Gunners dentro do jogo.

Por isso, após o triunfo, o veterano foi exaltado por Lacazette e pelo técnico Unai Emery, que reconheceu o primeiro tempo aquém do esperado, mas se disse feliz com a quarta vitória consecutiva na Premier League. Com o resultado, o Arsenal subiu para a sexta colocação na tabela, com 12 pontos e cada vez mais próximo da zona de classificados para a próxima Champions League.

“Um muito obrigado ao Petr Cech, porque hoje ele salvou várias bolas, então pela primeira vez tivemos um clean sheet (nome dado quando o time termina um jogo sem sofrer gols)”, afirmou o francês Lacazette, que abriu o placar com um belo gol.

“Estamos felizes porque queríamos a vitória para os nossos torcedores, para seguirmos evoluindo, e os três pontos foram muito importantes. Nós não controlamos a partida como gostaríamos no primeiro tempo, mas o nosso goleiro teve uma grande atuação e nos manteve vivos”, observou o técnico Unai Emery.

“Nós controlamos o jogo melhor no segundo tempo, e não demos as chances que demos na etapa inicial. Terminamos o jogo com um sorrisos em nossos rostos”, completou o comandante espanhol.

Homem do jogo, Cech vibrou com a sua exibição decisiva: “Eu tive muito trabalho hoje, e tinha que ajudar a equipe a seguir no jogo, e como um jogador experiente, é preciso fazer a sua parte”, para a BBC Sports.

Próximo artigo:
Cristiano Ronaldo retorna à Madrid e ratifica acordo judicial por fraude fiscal
Próximo artigo:
Com Boateng, Barcelona confirma time diferente, mais durão e de bad boys
Próximo artigo:
Mbappé ultrapassa Neymar e Cavani e assume primera posição - o Índice de Performance da Ligue 1
Próximo artigo:
No Flamengo, Bruno Henrique pode ser a solução para impaciência com Vitinho
Próximo artigo:
Lesionado em seu melhor momento, Dembelé 'obriga' reação de Coutinho no Barcelona
Fechar