Cazares se torna peça chave do Atlético-MG e participa de quase um terço dos gols no ano

Comentários()
Bruno Cantini/Atlético-MG
Meia-atacante equatoriano participou diretamente de 20 dos 68 gols assinalados pelo Galo na atual temporada. São 13 assistências e sete gols em 2017

Juan Cazares se tornou um dos principais nomes do Atlético-MG em 2017. Com 20 participações diretas em 68 gols do time, o equatoriano se destaca pela qualidade técnica e perde somente para Fred neste quesito. O atacante participou de 26 gols do Alvinegro na temporada.

O futebol apresentado pelo gringo neste ano acarreta em influência de 29,4% dos gols feitos pelo time da capital mineira.

Não é à toa que Roger Machado o colocou como titular em 32 das 37 partidas que o time disputou em 2017.


VEJA TAMBÉM:


Autor do gol da vitória do Galo sobre o Botafogo, na partida de ida das quartas de final da Copa do Brasil, Juan Cazares é bastante elogiado pelo treinador alvinegro:

"A evolução tem muito mais da maturação do jogador e do costume, da familiaridade com o clube. Ele chegou aqui no ano passado. Não é fácil se adaptar no primeiro ano. Há um deslumbramento natural. Quando o jogador está disposto a aprender, é mais fácil de trabalhar", começou.

Roger Machado Juan Cazares Atlético-MG URT Campeonato Mineiro 23042017
(Foto: Bruno Cantini/Divulgação/Atlético-MG)

"O Cazares, do começo do ano para cá, teve uma evolução muito grande, significativa. É difícil achar uma alternativa no nível que ele está nos dando. O Robinho, por trás, também faz uma função, mas com característica diferente. No período em que ele esteve fora, tivemos insucessos, muito em função de sua ausência. O Atlético ganha e o futebol brasileiro também tendo um talento desse nível dentro do país", concluiu.

Próximo artigo:
Valverde interrompe rodízio e Messi vai para o jogo
Próximo artigo:
No Brasileirão 2018, Palmeiras teve menos a bola do que times da segunda divisão na Europa
Próximo artigo:
Onde vai passar o jogo do Barcelona contra o Levante, pela Copa do Rei?
Próximo artigo:
Corinthians projeta estreia de Boselli para o jogo contra a Ponte Preta
Próximo artigo:
Por que Conte - e não Pochettino - é o cara certo para o United?
Fechar