Cartão vermelho dado para a Atalanta e não dado ao Real Madrid causa polêmica

Os espanhóis ganharam o time italiano por 1 a 0 na ida das oitavas de final da Champions League

Mendy foi a figura central na vitória por 1 a 0 do Real Madrid sobre a Atalanta, na cidade italiana de Bérgamo, foi dois motivos que mudaram os rumos da partida, a de ida pelas oitavas de final da Champions League: o lateral-esquerdo motivou a expulsão de Remo Freuler, meio-campista adversário, e já no final da partida marcou o gol que garantiu a vitória dos espanhóis para o encontro de volta – marcado para 16 de março.

O lance da expulsão, ocorrido na metade do primeiro tempo, causou polêmica. Houve quem achasse o árbitro exageradamente rigoroso ao optar pelo cartão vermelho direto a Freuler, que derrubou Mendy perto da entrada da área quando o madridista poderia avançar em ótima posição para o chute; houve também os que não acharam a decisão completamente absurda.

Futebol ao vivo ou quando quiser? Clique aqui e teste o DAZN grátis por um mês!

Técnico da Atalanta, Gian Piero Gasperini não escondeu a revolta com o lance – especialmente pela falta de revisão do VAR – e só não fez cobranças mais quentes por medo de ser sancionado pela UEFA.

Remo Freuler Vinicius Junior Atalanta Real Madrid (Foto: Getty Images)

“A Atalanta não tem sorte. Com a tecnologia, um episódio como este poderia ter sido evitado. Mas segue acontecendo. Eu não entendo. Não vou dizer mais nada, poque se eu falar a UEFA vai me punir por dois meses”, disse o treinador italiano, que também engoliu a seco ter sofrido um gol na reta final do segundo tempo, embora a boa atuação mesmo com um homem a menos lhe dê esperanças para o confronto de volta.

“Onze contra dez, poderia ter acabado muito pior. Acho que vamos ter possibilidades na volta”, completou.

Casemiro Real Madrid 10-21-2020 (Foto: Getty Images)

Antes de Mendy fazer o gol da vitória, no entanto, outra jogada envolvendo a interpretação da aplicação de cartões voltou a causar certa polêmica. No minuto 81, o brasileiro Casemiro, do Real Madrid, caiu na área e houve quem tivesse interpretado a ação como tentativa de ludibriar a arbitragem para dar um pênalti. O juiz poderia ter dado cartão amarelo ao brasileiro, que já estava amarelado e, por consequência, acabaria expulso, mas deixou a jogada correr. De qualquer forma, o amarelo dado ao brasileiro o suspende para o duelo de volta.

Quem comemorou o triunfo, no final das contas, foi o Real Madrid e Zinedine Zidane, que evitou falar sobre a polêmica envolvendo a expulsão de Freuler: “Eu não sei se foi exagerada. Nós fazíamos um grande jogo, mas o importante era ganhar. Não significa nada, porque tem o jogo de volta, mas era importante marcar”, concluiu.

Fechar