Qual é a receita para o Corinthians ter tantos gols de seus laterais-esquerdos?

Comentários()
Carlos Augusto Corinthians Chapecoense Brasileirão 01052019
Miguel Schincariol/Getty
Na ausência do titular, o jovem Carlos Augusto seguiu direitinho o caminho demonstrado por Danilo Avelar nesta temporada

O Corinthians entrou em campo nesta quarta-feira (01) sem um de seus principais nomes nesta temporada. Vice-artilheiro da equipe nesta temporada 2019, com cinco gols marcados, Danilo Avelar segue se recuperando de um problema no joelho e não pode entrar em campo contra a Chapecoense, em jogo válido pela segunda rodada do Brasileirão.

Entretanto, parece que a lateral-esquerda corintiana segue com uma espécie de mística na hora de marcar gols. Isso porque a vitória por 1 a 0, obtida em São Paulo, foi garantida graças ao gol de Carlos Augusto. O jovem de 20 anos estufou as redes pela primeira vez em sua carreira profissional, aproveitando rebote da defesaça do goleiro Tiepo para, de cabeça, garantir a vitória.

Pode até parecer uma feliz coincidência, mas quando relembramos todos os gols marcados por Danilo Avelar em 2019 é possível notar um padrão: as jogadas de bola parada. Todos os cinco gols anotados pelo titular no flanco-esquerdo foram através de lances em que a esfera era alçada à área.

Corinthians: quem são os artilheiros da equipe em 2019?

Contra o Palmeiras, Avelar estava dentro da área e aproveitou rebote após cobrança de falta levantada à área. Diante do Avenida, Oeste, Ituano e São Paulo o lateral completou de cabeça jogadas em que a bola foi levantada dentro da grande caixa. Dá para entender por que Avelar aparece tantas vezes em uma posição: a altura.

Danilo Avelar - Corinthians - 16/09/2018 Todos os gols de Avelar foram em lances de bola alçada à área (Foto: Rodrigo Coca/Ag. Corinthians)

O ‘Avelenda’, como passou a ser carinhosamente apelidado pelos torcedores alvinegros, tem 1,85m. Carlos Augusto é praticamente do mesmo tamanho (1,84), oferecendo uma característica semelhante à do titular. Foi justamente como decidiu nesta quarta-feira. Na comparação com os atacantes do elenco, somente Gustagol (1,89m) e Mauro Boselli (1,85m) rivalizam em altura.

É uma das receitas que ajudam a explicar como o Timão consegue balançar tanto as redes com seus laterais-esquerdos em 2019.

Fechar