Brasileirão, 38ª rodada: números e curiosidades dos jogos deste domingo (2)

Última atualização
Comentários()
Alexandre Schneider/Getty Images
Confira as principais curiosidades dos confrontos da última rodada da Série A 2018

A última rodada do Campeonato Brasileiro 2018 terá seu fechamento neste domingo (2) com oito partidas a serem disputadas às 17h (de Brasília).

Quatro jogos têm interferência direta na decisão das duas vagas restantes pelo rebaixamento, que conta com cinco times que tentam escapar do descenso (América-MG, Chapecoense, Vasco da Gama, Fluminense e Sport). Além disso, Grêmio e São Paulo tentam alcançar a quarta posição, que dá direito a disputar a próxima edição da Copa Libertadores na fase de grupos.

Confira as curiosidades das partidas, num oferecimento de  Opta Sports !


PARANÁ x INTERNACIONAL


Com ambos sem objetivos importantes no Brasileirão, uma vez que o Tricolor da Capanema está rebaixado e o Colorado está garantido na fase de grupos da Libertadores, ambos os times tentam agradar suas torcidas na despedida da temporada.

  • Paraná e Internacional não empataram nenhum dos 15 jogos da Série A nos últimos 20 anos, com oito vitórias para o Tricolor da Vila e sete para o Colorado.
  • O Paraná conquistou 18 pontos como local (3V 9E 6D), oito a menos do que qualquer outro time do Brasileirão 2018 (26 pontos Vitória).
  • O Internacional não venceu em seus últimos sete jogos fora de casa no Campeonato Brasileiro de 2018, com quatro empates e três derrotas
  • O Paraná utilizou 49 jogadores durante o Brasileirão 2018, mais do que qualquer outro time (46 Vitória).
  • O Internacional marcou 96% de seus gols de dentro da área, o maior percentual para uma equipe no Brasileirão 2018.

CHAPECOENSE x SÃO PAULO


Os três pontos interessam muito para o Verdão do Oeste, que briga contra o rebaixamento e, caso vença, se salva sem depender de outras equipes e ao Tricolor, que busca a classificação direta para a fase de grupos da Libertadores de 2019.

  • A Chapecoense venceu por 2 a 0 as últimas duas vezes em que recebeu o São Paulo na Série A, depois de não vencer nenhum dos dois primeiros jogos (1E 1D).
  • A Chapecoense venceu quatro de seus últimos 10 jogos no Brasileirão 2018, os únicos quatro em que conseguiu fazer gol (4V 1E 5D).
  • O São Paulo não marcou gol em seus últimos dois jogos (1E 1D), é a primeira vez no Brasileirão 2018 que o time não marca em partidas consecutivas.
  • O São Paulo ganha 52% de duelos individuais, o maior percentual no Brasileirão de 2018.
  • Jandrei, da Chapecoense, é um dos dois jogadores que participaram dos 37 jogos anteriores no Brasileirão 2018 (junto com Víctor, do Atlético Mineiro). 

BAHIA x CRUZEIRO


Separados por cinco pontos (47 do Bahia e 52 do Cruzeiro), o Tricolor de Aço recebe a Raposa em Salvador e mira o triunfo para ficar entre os primeiros 10 colocados no Brasileirão.

  • O Bahia tem apenas uma vitória em casa contra o Cruzeiro nos últimos 20 anos na Série A (1V 1E 5D), foi na última vez que o recebeu, por 1-0 em junho de 2016.
  • O Bahia tem quatro vitórias consecutivas em casa, sua maior sequência no mesmo campeonato da Série A desde junho de 2003 (4V).
  • O Cruzeiro perdeu quatro de seus últimos cinco jogos fora de casa (1V), acumulando apenas uma vitória nos últimos 13 jogos fora de seus domínios no Brasileirão (5E 7D).
  • O Cruzeiro acerta 83% de seus passes, seu maior registro dos últimos seis campeonatos da Série A.
  • Gregore, do Bahia, completou 1768 passes, o maior número para um jogador do Brasileirão 2018; sua média é de 51 passes completos por jogo.

FLUMINENSE x AMÉRICA-MG


Com objetivos distintos no Campeonato Brasileiro, o Atlético-MG busca se manter no G6 para garantir uma vaga na Pré-libertadores 2019, já o Botafogo pretende terminar o torneio em posições mais acima na tabela.

  • Fluminense está há três jogos sem vencer o América Mineiro na Série A (2V 1E), ficando sem tomar gol em cada um deles
  • O Fluminense acumula sete partidas sem marcar gol (2E 5D), igualando a maior seca de uma equipe nos últimos 20 anos no Brasileirão.
  • O América Mineiro acumula oito jogos fora de casa sem vencer no Brasileirão 2018, e não marcou gol nos cinco jogos mais recentes (2E 6E).
  • O último gol do Fluminense na Série A foi marcado por Luciano, no dia 21 de outubro, contra o Atlético Mineiro
  • João Ricardo, do América Mineiro, é o goleiro com o maior número de defesas por jogo entre os que jogaram pelo menos a metade no Brasileirão 2018; seu recorde é de 3,6 por jogo.

CEARÁ x VASCO DA GAMA


Garantido na Série A de 2019, o Ceará recebe um Vasco da Gama que depende de suas próprias forças para permanecer na primeira divisão com uma vitória ou até um simples empate.

  • O Vasco da Gama venceu quatro de seus cinco jogos contra o Ceará nos últimos 20 anos da Série A; mas não venceu o mais recente, 1-1 em agosto de 2018.
  • O Ceará mantém uma invencibilidade em casa de sete jogos seguidos (5V 2E), sua maior sequência na Série A desde os nove em 2010 (4V 5D).
  • O Vasco da Gama tem 10 vitórias e 15 derrotas, é o seu terceiro campeonato, dos últimos quatro na Série A, com mais derrotas que vitórias
  • O Vasco da Gama sofreu 12 pênaltis, a maior quantidade entre todas as equipes no Brasileirão 2018.
  • Leandro Carvalho é o jogador cearense que mais participou da equipe, em oito dos 32 (5 gols e 3 assistências). 

SPORT x SANTOS


Dependendo de outras partidas para se salvar do descenso, o Sport encara o Santos na Ilha do Retiro e foca na vitória diante do alvinegro praiano.

  • O Sport não perde em casa contra o Santos na Serie A desde outubro de 2009, acumulando cinco jogos sem derrota (3V 2E).
  • O Sport acumula uma série de cinco jogos sem vitórias (3E 2D), nos quais apenas marcou um gol e sofreu três.
  • O Santos perdeu seus últimos três jogos fora de casa, sua segunda pior prova no Brasileirão 2018
  • O Sport possui 47,3% de posse de bola, seu menor recorde nos últimos cinco campeonatos da Série A.
  • Gabriel é o artilheiro do Brasileirão 2018 com 18 gols, o maior para um jogador do Santos na Série A desde os 20 de Ricardo Oliveira em 2015.

PALMEIRAS x VITÓRIA


Recebendo o já rebaixado Vitória no Allianz Parque, o Palmeiras quer o triunfo para fazer a festa no jogo de recebimento do título do Campeonato Brasileiro.

  • O Palmeiras derrotou o Vitória em seis dos últimos sete jogos da Série A, perdendo uma única vez nesse período, por 1-3 em novembro de 2017.
  • O Palmeiras conquistou seu décimo campeonato da Série A, dois a mais que qualquer outro time (8 Santos). 
  • O Vitória acumula oito jogos sem vencer (5E 3D), uma sequência que não acontecia com o time baiano na Série A desde junho de 2014 (4E 4D). 
  • O Palmeiras marca gol em 12,5% de suas finalizações, o maior percentual entre os times do Brasileirao 2018
  • O Vitória concede gols em 11,8% dos chutes que sofre de seus rivais, a maior porcentagem no Brasileirão de 2018.

GRÊMIO x CORINTHIANS


Outro concorrente da vaga direta na Libertadores de 2019, o Grêmio recebe o Corinthians em Porto Alegre e depende de uma vitória ou, em caso de empate, que a Chapecoense vença o São Paulo.

  • O Grêmio perdeu apenas um de seus últimos sete duelos contra o Corinthians na Série A (3V 3E), foi precisamente na última vez em que ele recebeu o TImão em casa, 0-1 em junho de 2017.
  • O Grêmio ficou sem tomar gol em 20 jogos durante o Brasileirão 2018, nenhuma equipe ficou mais vezes sem ser vazada (o Flamengo também registrou 20 jogos).
  • O Corinthians acumula 10 jogos sem vitórias como visitante (2E 8D), a maior sequência desta edição da Série A.
  • O Grêmio tem em média 57% de posse de bola, a maior porcentagem no Brasileirão 2018.
  • O Corinthians permite aos seus rivais 14,2 finalizações por jogo, a maior porcentagem do Brasileirão de 2018.

Próximo artigo:
Brasileiros na Champions League: quem foi bem e quem foi mal na fase de grupos
Próximo artigo:
Mercado de transferências: Os últimos rumores de Barcelona, Real Madrid, PSG e todos os grandes clubes
Próximo artigo:
La Liga 2018/19: artilheiros, garçons e classificação completa
Próximo artigo:
Neymar, Coutinho, Cristiano Ronaldo e as 100 contratações mais caras da história do futebol
Próximo artigo:
Premier League 2018/19: artilheiros, garçons e classificação completa
Fechar