Borja volta a marcar após quase quatro meses e pode ter sequência no Verdão

Comentários()
Miguel Borja Palmeiras Ponte Preta Brasileirao Serie A 19102017
Alexandre Schneider/Getty
Colombiano pode voltar ao time titular por conta de Willian, que ficará três semanas sem jogar

A vitória do Palmeiras por 2 a 0 sobre a  Ponte Preta, na última quinta-feira (19), no Pacaembu, pela 29º rodada do Campeonato Brasileiro, marcou o fim de um jejum que já durava praticamente quatro meses. Contratação mais cara da história do Verdão, o colombiano Miguel Borja voltou a balançar as redes pela primeira vez desde o dia 21 de junho.

O atacante de R$ 33 milhões entrou ainda no primeiro tempo no lugar de Willian, que sentiu dores musculares nas duas pernas, está lesionado e ficará sem jogar por três semanas. Borja escapou de três adversários e, com direito a chapéu em Aranha, deu um toque de cabeça marcou o segundo tento do Palmeiras na partida.

Borja vem convivendo com pressão desde que chegou ao Palmeiras e havia perdido espaço entre os titulares sob o comando de Cuca, principalmente depois da contratação de Deyverson.

Agora Borja pode atuar como titular no importante duelo contra o Grêmio, neste domingo (22), em Porto Alegre. O Verdão ocupa a terceira colocação com os mesmos 50 pontos do Tricolor gaúcho, que está na vice-liderança por conta do saldo de gols (19 a 13). O Corinthians lidera o Brasileirão, com 59 pontos.

“O objetivo é ficar entre os quatro primeiros. O Corinthians está jogando muito bem e tem o título nas mãos. Se eles deixarem escapar, temos que aproveitar. Mas agora temos de pensar no Grêmio”, afirmou Borja.

Fechar