Borja melhora, ganha elogios, mas ainda está longe de reconquistar a titularidade no Palmeiras

Comentários()
Cesar Greco/Ag Palmeiras
Atacante anota o gol da vitória contra o Atlético-GO, recebe aplausos do torcedor, elogios dos companheiros, mas ainda está aquém do que pode fazer

Contratado a peso de outro pelo Palmeiras no início desta temporada, o atacante colombiano Borja ainda não conseguiu deslanchar com a camisa alviverde, mas passou a ganhar apoio do torcedor.

Autor do gol da vitória do time diante do Atlético Goianiense na última quarta-feira, Borja só foi titular devido a suspensão automática do atacante Willian, pelo terceiro cartão amarelo levado diante do Bahia, no último domingo.

Mesmo sem fazer um grande jogo no Allianz Parque, Borja mostrou o oportunismo que o time espera do seu atacante para garantir uma importante vitória, dando uma tranquilidade maior para Cuca comandar a equipe nas próximas partidas, após uma grande pressão pelos maus resultados no início do Brasileirão.

Aplaudido pelo torcedor e elogiado pelos companheiros de equipe após o jogo, principalmente devido ao seu esforço durante os treinamentos, o colombiano busca uma adaptação não só ao país, a língua e a cultura brasileira, como também tenta se encaixar no estilo de jogo do Palmeiras e ao ritmo das partidas no Brasil.

Miguel Borja Palmeiras Atletico-GO Brasileirao Serie A 21062017Crédito: Cesar Greco/Ag Palmeiras

O gol que não vinha desde a estreia do clube alviverde no Brasileirão, quando o atacante marcou dois diante do Vasco, também dá um certo alento para um jogador que vive para colocar a bola na rede.

No entanto, Borja ainda terá muito trabalho pela frente. A troca no comando da equipe, com a saída de Eduardo Baptista e o retorno de Cuca deve atrasar um pouco mais a adaptação do atacante. No entanto, o comandante tem trabalhado para o atacante fazer mais a função de pivô e não "desligar" da partida, o que vinha deixando o atleta em posição de impedimento com certa frequência.

Borja completou 20 jogos com a camisa do Palmeiras e agora soma sete gols. Maior investimento da história do Verdão (R$ 33 milhões), o atacante deve voltar ao banco de reservas no domingo, na partida contra a Ponte Preta, em Campinas com Willian entrando entre os 11 titulares.

Porém, caso siga treinando forte, calado e busque seguir as orientações da comissão técnica alviverde, tem tudo para deslanchar no Palmeiras e voltar a mostrar o seu bom futebol.

Fechar