Bom início no Liverpool, confiança de Taffarel e Copa credenciam Alisson a liderança em novo ciclo

Comentários()
Getty Images
Goleiro tem totais condições de se firmar ainda mais na Seleção Brasileira e se tornar um dos líderes do elenco de olho no Catar

Aos 25 anos, Alisson está cada vez mais consolidado na carreira. Titular da Seleção Brasileira na Copa do Mundo da Rússia, o goleiro vem tendo uma grande início de história com a camisa do Liverpool e chamando a atenção de todos dentro do clube. 

Alisson já vinha de uma grande temporada pela Roma, o que fez com o que o clube inglês desembolasse uma bela quantia para contar com os serviços do brasileiro nesta temporada.

Agora, na primeira lista do técnico Tite depois do Mundial, o nome do jogador, como já era de se imaginar, esteve entre os convocados. Com Ederson sempre o principal rival pela posição fora de combate, pelo menos neste primeiro momento, já que pediu dispensa para cuidar de problemas pessoais. O arqueiro dá o ponta pé inicial para seguir sendo o dono da posição. 

O que mais impressiona é que pela idade, Alisson ainda pode ter uma longa história com a camisa Amarelinha, principalmente considerando o tempo de carreira de um goleiro, que normalmente é mais cumprido. Contando com total apoio e confiança de Taffarel, quem o trouxe e o bancou na Seleção, o jogador também pode ser um dos principais líderes deste novo ciclo. 

Alisson Taffarel Brazil Selecao treino 03092017
(Foto: Pedro Martins / MoWa Press / Divulgação)

Além de boa fase embaixo das traves, Alisson também tem demonstrado categoria, no último final de semana, por exemplo, o jogador deu um belíssimo drible, na verdade uma cavadinha em cima do atacante Knockaert, quando se viu sem espaço para sair jogando. 

O lance causou um frio na espinha do torcedor, já que a bola passou bem próxima do adversário, mas também deixou os mesmo de boca aberta ao ver que deu certo. Por outro lado, Klopp preferiu destacar uma boa defesa que o goleiro fez no final da partida. 

Mais artigos abaixo

"Bom, está claro que Alisson sabe jogar futebol. Ele se sente confiante, está tudo bem, ele não fez aquilo para se exibir. Foi para resolver uma situação. É uma questão de confiança, então está tudo bem. Gostei mais da defesa no final do jogo. do que da cavadinha, mas entendo que foi a decisão correta naquele momento. Está tudo bem".

2018-08-26 Alisson
(Foto: Getty Images)

Já são três jogos com a camisa do Liverpool e nenhum gol sofrido, números que comprovam o bom início do goleiro no clube que tem ganhado ainda mais confiança, o que será bastante positivo para a Seleção Brasileita também. 

Com Alisson, o Brasil encara Estados Unidos e El Salvador, em setembro, pelos dois primeiros confrontos Brasil Global Tour pós Copa do Mundo da Rússia. Este ano, a Seleção ainda terá mais quatro confrontos que servirão de preparação para a equipe que vai disputar a Copa América

Fechar