Bola de Ouro 2017: Candidatos, quando se entrega e tudo o que você precisa saber

Comentários()
Getty
Cristiano Ronaldo, último vencedor da premiação, é um dos máximos favoritos ao troféu individual que será entregue nesta quinta-feira

Quem será nomeado o melhor jogador do ano de 2017? A Bola de Ouro entregue pela revista France Football é um dos troféus mais prestigiados do futebol. E tudo leva a crer que a batalha será entre Cristiano Ronaldo, atual ganhador, e Lionel Messi, como sempre ocorreu na última década.

O astro português soma quatro premiações e, se faturá-la nesta quinta-feira (07/12), igualará o camisa 10 do Barcelona, que acumula nada menos que cinco conquistas.

O domínio de ambos nos últimos dez anos é incontestável. Repartindo-se entre ambos todos os troféus desde 2008 até 2016.


DATA DO PRÊMIO


A próxima Bola de Ouro será entregue nesta hoje em uma cerimônia que está prevista para começar às 16h45, no horário de Brasília. Como sempre, o ganhador do troféu aparecerá na capa da midiática revista France Football, anfitriã do título.


CANDIDATOS À BOLA DE OURO

Cristiano Ronaldo Ballon d'Or
(Foto: Getty Images)

CRISTIANO RONALDO - O último ganhador é o favorito para esta edição. O craque do Real Madrid fez um final de temporada 2016/2017 sensacional, sendo crucial na conquista da 12ª UEFA Champions League ao anotar dez gols entre as quartas de final e a final.

LIONEL MESSI - O 10 do Barcelona sempre está entre os favoritos, ainda que o certo é que sua temporada 2016/2017 não tenha sido toda brilhante, como de costume. No entanto, ajudou o Barça a vencer a Copa del Rey.

NEYMAR - O atacante do Paris Saint-Germain esteve à altura de Lionel Messi no Barcelona, sobretudo na histórica virada sobre o atual time, pela UEFA Champions League passada. Iniciou de forma brilhante a passagem pelo Parc des Princes.

Buffon Juventus Cagliari
(Foto: Getty Images)

GIANLUIGI BUFFON - O goleiro da Juventus segue em alto nível, apesar dos 40 anos. Fundamental em muitas partidas que levaram a Vecchia Signora a cobiçar um triplete histórico, que só foi impedido pelo Real Madrid.

ANTOINE GRIEZMANN - O atacante francês fez uma boa temporada pelo Atlético de Madrid, que segue buscando o sucesso na Europa e na Espanha. É merecedor de estar entre os candidatos à Bola de Ouro.

Mais artigos abaixo

LUKA MODRIC - Seu trabalho no Real Madrid, campeão de La Liga e da UEFA Champions League, foi absolutamente brilhante, oferecendo boas exibições à equipe de Zinedine Zidane. Uma das peças chave na grande temporada do clube blanco.

SERGIO RAMOS - O capitão do Real Madrid acudiu ao resgate de sua equipe em muitas ocasiões com os gols marcados no fim. É certo que foi destaque e teve uma temporada à altura dos melhores, sem dúvida.


TODOS OS GANHADORES

1956 - Stanley Matthews (Blackpool)
1957 - Alfredo di Stéfano (Real Madrid)
1958 - Raymond Kopa (Real Madrid)
1959 - Alfredo di Stéfano (Real Madrid)
1960 - Luis Suárez (Barcelona)
1961 - Omar Sívori (Juventus)
1962 - Josef Masopust (Dukla Praga)
1963 - Lev Yashin (Dinamo Moscou)
1964 - Denis Law (Manchester United)
1965 - Eusebio (Benfica)
1966 - Bobby Charlton (Manchester United)
1967 - Florian Albert (Ferencvaros)
1968 - George Best (Manchester United)
1969 - Gianni Rivera (Milan)
1970 - Gerd Müller (Bayern)
1971 - Johan Cruyff (Ajax)
1972 - Franz Beckenbauer (Bayern)
1973 - Johan Cruyff (Barcelona)
1974 - Johan Cruyff (Barcelona)
1975 - Oleg Blojin (Dinamo Kiev)
1976 - Franz Beckenbauer (Bayern)
1977 - Allan Simonsen (Borussia Mönchengladbach)
1978 - Kevin Keegan (Hamburgo)
1979 - Kevin Keegan (Hamburgo)
1980 - Karl-Heinz Rummenigge (Bayern)
1981 - Karl-Heinz Rummenigge (Bayern)
1982 - Paolo Rossi (Juventus)
1983 - Michel Platini (Juventus)
1984 - Michel Platini (Juventus)
1985 - Michel Platini (Juventus)
1986 - Igor Belánov (Dinamo Kiev)
1987 - Ruud Gullit (Milan)
1988 - Marco van Basten (Milan)
1989 - Marco van Basten (Milan)
1990 - Lothar Matthäus (Inter)
1991 - Jean-Pierre Papin (Olympique Marseille)
1992 - Marco van Basten (Milan)
1993 - Roberto Baggio (Juventus)
1994 - Hristo Stoichkov (Barcelona)
1995 - George Weah (Milan) 
1996 - Matthias Sämmer (Borussia Dortmund)
1997 - Ronaldo (Inter)
1998 - Zinedine Zidane (Juventus)
1999 - Rivaldo (Barcelona)
2000 - Luis Figo (Real Madrid)
2001 - Michael Owen (Liverpool)
2002 - Ronaldo (Real Madrid)
2003 - Pavel Nedved (Juventus)
2004 - Andriy Shevchenko (Milan)
2005 - Ronaldinho (Barcelona)
2006 - Fabio Cannavaro (Real Madrid)
2007 - Kaká (Milan)
2008 - Cristiano Ronaldo (Manchester United)
2009 - Lionel Messi (Barcelona)
2010 - Lionel Messi (Barcelona)
2011 - Lionel Messi (Barcelona)
2012 - Lionel Messi (Barcelona)
2013 - Cristiano Ronaldo (Real Madrid)
2014 - Cristiano Ronaldo (Real Madrid)
2015 - Lionel Messi (Barcelona)
2016 - Cristiano Ronaldo (Real Madrid)

Próximo artigo:
Sem perder o humor: Guingamp zoa após ser humilhado pelo PSG
Próximo artigo:
Sergio Ramos analisa vitória do Real: "Quando queremos, damos o nosso melhor"
Próximo artigo:
Arsenal 2 x 0 Chelsea: Em casa, Gunners levam a melhor
Próximo artigo:
De virada, Firmino exalta vitória do Liverpool: "jogo emocionante"
Próximo artigo:
Ancelotti: "Como treinador, devo tudo a Zidane"
Fechar