Notícias Placares ao vivo
Brasileirão Série A

Blog: proposta de transformação de clubes brasileiros em empresas é rejeitada

07:30 BRT 13/09/2019
Mario Bittencourt Fluminense 01072016
Projeto de Lei de autoria de Pedro Paulo (PMDB-RJ) e designado por Rodrigo Maia, presidente da Câmara, é recusado por clubes do futebol brasileiro

Um grupo de clubes rejeitou o projeto de lei apresentado por Rodrigo Maia, presidente da Câmara. A proposta daria benefícios em troca da transformação das agremiações em empresa. Os dirigentes reprovaram a ideia por dois motivos, segundo o blog de Rodrigo Mattos, do UOL: não gostaram de fazer um novo financiamento de suas dívidas tributárias e tampouco da obrigatoriedade de pagar impostos como empresas.

Quer ver jogos ao vivo ou quando quiser? Acesse o DAZN e teste grátis o serviço por um mês!

Designado por Rodrigo Maia, o projeto é de autoria de Pedro Paulo (PMDB-RJ). O texto prevê novo parcelamento das dívidas fiscais e a possibilidade de uma recuperação judicial.

"Do jeito que está, 80% dos clubes viram empresas que já nascem mortas. Já existe um parcelamento (Profut)", afirmou o presidente do Fluminense, Mario Bittencourt, que defendeu que se algo tenha que ser feito seja dentro do próprio Profut. "Isso depõe contra o futebol", completou o presidente do Vasco, Alexandre Campello.

São Paulo e Flamengo não quiseram se posicionar após a reunião sobre o tema. O presidente do Palmeiras, Maurício Galiotte, também é contrário ao projeto de lei.

"Tem uma série de itens que precisam ser analisados. Assunto teria de ter um maior aprofundamento. Essa questão de equiparar imposto sou absolutamente contrário", disse.