Besiktas, o mercadão de alto nível para contratações no futebol brasileiro?

Comentários()
AA
O clube turco vive grave crise financeira e tem atletas brigando por rescisões contratuais que poderiam chegar sem custos

Header Tauan Ambrosio

Embora não tenha terminado com o título turco em 2017-18, a temporada passada teve saldo positivo para o Besiktas. A equipe treinada por Sengol Gunes ficou na primeira posição de seu grupo na última edição da Champions League e caiu nas oitavas de final para o Bayern de Munique.

Um desempenho digno, apesar da goleada por 5 a 0 sofrida para os alemães no duelo de ida. Poucos meses depois daquela eliminação, a Turquia entrou em uma gigantesca crise cambial que afetou toda a sociedade e, obviamente, foi refletida no futebol. Os clubes mais poderosos, especialmente, foram atingidos sem piedade por causa das dívidas adquiridas e passaram a ter uma dificuldade especial na hora de quitarem os salários dos atletas estrangeiros, pagos em euro ao invés da lira turca.

Não é difícil imaginar as consequências: salários atrasados, jogadores insatisfeitos e resultados aquém do esperado. O Galatasaray ocupa atualmente a quinta posição na Superliga Turca, enquanto o Fenerbahce, acredite se quiser, é o penúltimo colocado e luta contra o rebaixamento. O Besiktas está na sexta posição, mas com as suas economias em frangalhos – com o agravante dos altos investimentos em jogadores e no estádio Vodafone Arena nos últimos anos.

O zagueiro Pepe, ex-Real Madrid, por exemplo, deixou o clube para retornar ao Porto e um dos últimos atos do luso-brasileiro teria sido pagar salário de funcionários do Besiktas. Sem receber os vencimentos há seis meses, Vagner Love luta por uma rescisão para voltar sem custos ao Brasil. O Corinthians, onde o ‘Artilheiro do Amor’ foi campeão brasileiro em 2015, é o principal interessado.

Adriano, lateral-esquerdo que fez história no Barcelona, é outro que está na equipe turca e aparece como opção para equipes brasileiras neste mercado de transferências. O Santos é o principal interessado em contar com o jogador de 34 anos, que atuou ao lado de Renato, atual gerente de futebol do Peixe, em um período dourado no Sevilla. Adriano também negocia a sua rescisão com o Besiktas.

Os Águias Negras, alcunha da equipe alvinegra, ainda contam com outros nomes que tiveram destaque a nível europeu. O principal deles é Ricardo Quaresma, que (adivinhem!) também discute o seu futuro por lá. O holandês Ryan Babel, que esteve no radar do Flamengo em 2018, também deve deixar a Turquia em breve.

Além dos citados, dentre os nomes que estão na realidade de mercado sul-americano, também podemos citar o chileno Gary Medel. Em tempos de busca por reforços, Vagner Love e Adriano mostram que aproveitar essa espécie de fundo de poço do Besiktas pode ser uma opção interessante para trazer um bom jogador sem altos custos inseridos no mundo do futebol.

Fechar