Barkley teria desistido de assinar com o Chelsea após Conte desligar telefone

Comentários()
Getty Images
Os representantes do meio-campista não conseguiram conversar com treinador dos Blues e teriam desistido da transferência

A transferência de Ross Barkley de 35 milhões de libras para Chelsea não foi adiante porque Antonio Conte desligou o seu  telefone no dia do encerramento da janela, afirmou Joey Barton. O Everton aceitou a oferta feita pelo jogador de 23 anos de idade, antes que o meio-campista viajasse para Londres para realizar o exame médico nos momentos finais da janela.

Um acordo, no entanto, não foi feito e Barton acredita que o motivo disso é técnico dos Blues.

"Ouvi uma coisa muito interessante sobre o que aconteceu com a transferência de Ross Barkley. Conte desligou o telefone e os representantes de Barkley estavam tentando entrar em contato com ele", disse Barton ao TalkSport.

Ross Barkley Everton
Crédito: Getty

"Ele queria dizer 'olha, onde eu vou jogar?', e Conte desligou o telefone. Por isso, Barkley ficou receoso e não assinou. "Ele pensou: ‘Bem, se o treinador não me atender, ele claramente não me quer ‘, e é por isso que ele voltou para o Everton".

O atual contrato do Everton com Barkley expira no final da temporada 2017-18 e uma saída em janeiro do Goodison Park por um valor mais barato continua sendo uma possibilidade. O inglês também havia sido vinculado ao Tottenham na baixa temporada após informações de que o treinador do Everton, Ronald Koeman, não deveria utilizar o jogador de titular na sua equipe.


VEJA TAMBÉM:


Fechar