Barcelona teve chance de contratar Cristiano Ronaldo em 2003 - e não se arrepende de ignorá-lo

Comentários()
O português poderia ter sido companheiro de Lionel Messi, mas o clube catalão já tinha outros planos e o deixou livre para o Manchester United

Cristiano Ronaldo no Barcelona? A contratação quase aconteceu em 2003, antes de o português ir para o Manchester United. Mas, à época, Joan Laporta, então presidente do clube catalão, rejeitou a proposta.

Futebol ao vivo ou quando quiser? Clique aqui e teste o DAZN grátis por um mês!

Antes mesmo de fazer história com a camisa do Real Madrid e se estabelecer como um dos melhores jogadores do mundo e rival de Lionel Messi, Cristiano Ronaldo quase foi para o Barcelona, onde seria parceiro do argentino.

A transação acabou não acontecendo e Ronaldo se transferiu do Sporting para o Manchester United, onde deu início, sob comando de Sir Alex Ferguson, à sua vitoriosa carreira. Mais títulos vieram no Real Madrid e, agora, na Juventus. Mas, apesar de tudo, Laporta garante não se arrepender de não ter fechado o negócio.

À época, o Barcelona estava nas tratativas para contratar Rafa Márquez e Ronaldinho Gaúcho. Durante as conversas, os representantes do mexicano falaram sobre Cristiano Ronaldo: “Ele estava no Sporting na época. Um de seus agentes disse que eles tinham um jogador que estava prestes a ser vendido ao Manchester United por € 19 milhões, mas eles o venderiam para nós por € 17 milhões”, disse Laporta ao Iniestazo.

Por conta da contratação do brasileiro, Laporta decidiu não apostar na então promessa do Sporting. “Já havíamos investido no Ronaldinho na época. Cristiano jogava mais ao lado do que no centro. Achávamos que estávamos bem, então o rejeitamos e não me arrependo”, disse.

Mesmo tendo deixado passar a oportunidade de juntar Messi e Ronaldo, hoje considerados os maiores do mundo, o sucesso de Ronaldinho no Barça foi claro. Além do que fez dentro de campo, o brasileiro ainda deu suporte para a formação do atual camisa 10 catalão, que, à época, era apenas um garoto. 

Ronaldo, que acabou indo para o Manchester United, teve um dos melhores momento de sua carreira no rival do Barça, o Real Madrid, onde conquistou quatro de seus cinco prêmios de Melhor do Mundo. Hoje, na Juventus, está em busca de seu terceiro título seguido de Serie A

Já o Barcelona, neste tempo, teve Lionel Messi como sua grande estrela e, assim como os times pelos quais o camisa 7 passou, também conquistou títulos importantes. Hoje, vivendo um período turbulento, se prepara para eleições presidenciais - podendo novamente eleger Laporta - e segue com uma indefinição sobre o futuro de sua estrela 

Fechar