Atlético-MG: passado épico serve de inspiração para presente preocupante em aniversário mágico

Comentários()
Bruno Cantini/Atlético-MG
Galo celebra quatro anos da conquista da Libertadores, mas ao contrário daquele time, o atual sofre em casa

Nesta segunda-feira (24), o Atlético-MG celebra quatro anos da maior conquista de sua história. Em 2013, o Galo conquistava a Copa Libertadores de forma épica, batendo o Olimpia nos pênaltis, no Mineirão.

Aquela campanha foi épica. Depois de uma fase de grupos dos sonhos, com o melhor desempenho e encantando todo o continente, o Galo testou o coração de seu torcedor e dos amantes do futebol no mata-mata.

O pênalti cobrado por Riascos e defendido por Victor nas quartas de final contra o Tijuana e as reviravoltas em casa sobre Newell's Old Boys e Olimpia na semifinal e final, de forma emocionante, após perder por 2 a 0 fora. O Galo fez do Horto sua fortaleza, e continuou assim nos anos seguintes.

Victor Bernard Ronaldinho Jô Atlético-MG Newell's Old Boys Copa Libertadores 10072013
Ronaldinho Jô Atlético-MG Campeão Taça Copa Libertadores 2013 (Fotos: Bruno Cantini/Atlético-MG)

Em 2017, porém, é diferente. O Atlético-MG, praticamente imbatível no Independência, tem sofrido em casa no Campeonato Brasileiro, onde só venceu duas partidas. Curiosamente, o histórico se inverteu, com o clube tendo ótima campanha como visitante, mas sofrendo como mandante.

O desempenho em casa no Brasileirão precisa melhorar de forma urgente. Este é um dos desafios de Rogério Micale, novo treinador alvinegro que será apresentado nesta tarde, na Cidade do Galo. E a inspiração para isso está em um passado recente. O técnico assume o clube, que precisa voltar a ser dominante no Horto, no aniversário da maior conquista da história atleticana, que teve a força em seus domínios como um dos destaques.

Próximo artigo:
São Paulo 4 x 1 Mirassol: Tricolor sai atrás, vira o placar, vê expulsão de rival e garante goleada em estreia do Paulista
Próximo artigo:
Após rumores do PSG, Barcelona tem nova reunião com De Jong
Próximo artigo:
Vanderlei à venda? Torcida do Santos compra briga para dar recado a Sampaoli
Próximo artigo:
Klopp comemora vitória apertada do Liverpool na Premier: "Estou muito feliz"
Próximo artigo:
Modric afasta saída do Real Madrid: "tenho mais um ano e meio de contrato"
Fechar