Arsène Wenger apoia Thierry Henry como novo técnico do Monaco

Comentários()
gettyimages
O lendário ex-atacante francês ficou oito temporadas no Arsenal, sob comando de Wenger, antes de ir para o Barcelona

O lendário técnico Arsène Wenger mostrou total apoio à escolha de Thierry Henry como novo técnico do Monaco. O ex-atacante foi anunciado nesse sábado (13) e voltará ao clube que o revelou para o futebol.

"Boa escolha. Ele tem muita credibilidade. Ele é muito inteligente e entende de futebol. Como vários jogadores desse nível, ele tem tudo para dar certo. Claro que sorte e uma boa atitude sempre são necessários", falou Wenger, à SkySports.

Em 21 anos de carreira, Henry passou oito deles sob a tutela de Arsène Wenger no Arsenal. Ele chegou ao extinto Highbury (antigo estádio dos Gunners, demolido para dar lugar ao Emirates Stadium) em 1999, vindo da Juventus. 

Ele foi considerado um dos melhores atacantes de sua geração. Com a seleção francesa conquistou uma Copa do Mundo, em 1998 e uma Eurocopa, em 2000. Com os clubes foram 20 títulos, incluindo duas Premier League e uma Champions League com o Barcelona. Como se não bastasse, foi artilheiro da Premier League em quatro temporadas. Em 895 jogos oficiais, foram 407 gols marcados.

Thierry Henry Arsene Wenger(Foto: Getty Images)

Henry chega ao Monaco com a missão de substituir Leonardo Jardim, que conseguiu quebrar a escrita dos títulos consecutivos do PSG na Ligue 1. Além disso, foi responsável por revelar Mbappé, Mendy e tantas outras estrelas. 

O primeiro jogo de Henry no comando da equipe será no dia 20 de outubro, contra o Strasbourg, pela Ligue 1. Diante disso, Wenger, que atualmente está sem clube, avisou sobre a realidade do novo emprego de Thierry.

"Você precisa sacrificar muito. Basicamente, você precisa sacrificar toda a sua vida", avisou Arsène.

Fechar