Arrascaeta está perto de trocar Cruzeiro por Monaco, diz jornal uruguaio

Comentários()
Camisa 10 está na Rússia, onde jogará a Copa do Mundo 2018 pelo Uruguai, mas os seus agentes estão de olho em uma possível venda para o Monaco

O Cruzeiro pode perder Giorgian De Arrascaeta após a Copa do Mundo 2018. O Monaco avançou nas conversas e está perto de acertar a ida do camisa 10 na próxima janela de transferências. A informação foi divulgada pelo Tenfield, do Uruguai, nesta quarta-feira (13).

Haverá uma reunião entre membros do estafe do atleta e dirigentes do clube do Principado de Mônaco nos próximos dias para discutir questões referentes à venda do jogador. A intenção é apenas ajustar os termos salariais e o tempo de contrato para depois apresentar a oferta ao Cruzeiro, clube com o qual tem contrato até 2021.

A venda de Arrascaeta ao time que disputa o Campeonato Francês conta também com a participação de Jorge Mendes, empresário português que agencia Cristiano Ronaldo e José Mourinho. O agente tem boa ligação com o Monaco e tenta levá-lo para o local.

Os valores da proposta que o Monaco prepara não são revelados pelas partes. Mas o Cruzeiro já disse à imprensa que exigirá o valor da multa rescisória. De acordo com o vice-presidente de futebol Itair Machado, o contrato impõe o pagamento de 80 milhões de euros (R$ 350 mi) ao futebol estrangeiro e R$ 300 milhões para o Brasil.

Com a venda de Arrascaeta, o Cruzeiro terá direito a 25% do valor envolvido no negócio. O conselheiro Pedro Lourenço, proprietário do Supermercados BH, tem 25% e o Defensor Sporting, do Uruguai, ex-clube do atleta, conta com 50% dos direitos econômicos do apoiador.

Arrascaeta Uruguai
(Foto: Getty Images)

As negociações para o negócio ocorrem enquanto o jogador de 24 anos realiza treinamentos para a disputa da Copa do Mundo da Rússia pela seleção uruguaia. O time do camisa 10 estreará na sexta-feira (15), diante do Egito, em confronto válido pela primeira rodada do Grupo A.

A possível venda de Giorgian De Arrascaeta causou confusão nos bastidores do Cruzeiro. O empresário André Cury, que detinha carta de exclusividade para uma negociação envolvendo o jogador, teve o direito revogado pela atual cúpula e se irritou com o caso.

Ele mantinha contatos com o próprio Monaco e com o Wolverhampton, da Inglaterra. A ideia do representante do Barcelona na América do Sul era levar o meia-atacante para um dos dois clubes no decorrer da próxima janela de transferências.

Próximo artigo:
Ex-presidente do Real reforça qual é o problema do clube: “Saída de Ronaldo"
Próximo artigo:
Allegri elogia brasileiro da Juventus, mas acredita que o time ainda tem a melhorar
Próximo artigo:
Opinião: Real Madrid vence, mas não convence
Próximo artigo:
Boca Juniors x Palmeiras: Horário, local, onde assistir e prováveis escalações
Próximo artigo:
Guardiola elege atuação contra Shakhtar como a melhor do City sob seu comando
Fechar