Após novo tropeço da seleção, mídia argentina não perdoa Messi: "O melhor não pode ser mais um"

Comentários()
ALEJANDRO PAGNI/AFP/Getty Images
Camisa 10 teve mais desempenho abaixo do esperado no empate em 1 a 1 contra a Venezuela

O empate da Argentina em 1 a 1 com a Venezuela em pleno Monumental de Nuñez, na terça-feira (5), não caiu nada bem na mídia hermana, que não perdoou a sua principal estrela: Lionel Messi.

"O melhor não pode ser um a mais", afirmou o diário Olé. "Messi não merece ter esta versão tão baixa de si mesmo. Nem a falta de parceiros que falam um pouco em seu idioma o exime de responsabilidade". Leo jogou um aceitável primeiro tempo. Teve um arranque esperançoso, com vários toques que fizeram pensar que iria explodia, mas não explode. 

Argentina Venezuela Lionel Messi
(Foto: Getty Images)

"E se nessa falta de diálogo futebolístico o protagonista se apaga, a seleção argentina acaba concluiu um segundo tempo que ficará na história como um dos piores em anos. O melhor não pode ser mais um".

Não foi a primeira vez que Messi recebeu críticas pela sua forma de jogar e, inclusive, o atacante pensou em deixar de vestir a camisa dos hermanos por este motivo, mas acabou mudando de ideia, após um apelo vir de todos os lados.


VEJA TAMBÉM:


Próximo artigo:
São Paulo x Guarani: Horário, local, onde assistir e prováveis escalações
Próximo artigo:
Suárez pede que Neymar ignore rumores sobre o Barcelona: "deve desfrutar Paris"
Próximo artigo:
Site: Bruno Henrique chega para assinar com o Flamengo nessa terça-feira
Próximo artigo:
Mercado da bola: os principais rumores de Corinthians, São Paulo, Flamengo e os grandes clubes do Brasil
Próximo artigo:
Juventus 3x0 Chievo: CR7 perde pênalti, mas Velha Senhora segue imbatível na Itália
Fechar