Após lesão e decepção na Copa, Borja volta ao torneio em que mais brilha

Comentários()
Getty
O colombiano teve que passar por cirurgia após se lesionar durante a Copa do Mundo e estará de volta para competir pela Taça Libertadores

Miguel Borja tem se tornado um grande diferencial no Palmeiras. O colombiano de 25 anos chegou ao time em fevereiro de 2017, com contrato de cinco temporadas, e começou o ano de 2018 mostrando todo o potencial que ainda estava um pouco escondido no ano passado.

O jogador já acumula neste ano 15 gols em 23 partidas pela equipe alviverde, mais da metade dos tentos da temporada passada. A torcida já o tem como um dos principais atacantes do elenco, e sua lesão durante a Copa do Mundo causou grande preocupação na nação verde e branca.

Em entrevista, o diretor esportivo do Palmeiras, Alexandre Mattos, comentou sobre o atacante colombiano em novembro do ano passado, e mesmo com uma campanha pelo Campeonato Brasileiro não tão promissora na época, o dirigente não deixou de mostrar expectativas no potencial que Borja ainda poderia oferecer.

Santiago Vergini Miguel Borja Boca Palmeiras Copa Libertadores 25042018
(Foto: JUAN MABROMATA/AFP/Getty)

“Não tenho a menor dúvida (de que ele irá prosperar), ele vem crescendo muito, acho que confiança é a palavra-chave. Ele teve que se adaptar a algumas situações táticas que na Colômbia são um pouco diferentes, e está aprendendo”, disse Mattos. “Acho que o momento dele é estar em evolução como uma atleta de ponta, de alto nível que ele é”.

O Palmeiras iniciou sua campanha na Copa Libertadores de 2018 com gols de Borja nos primeiros jogos pela fase de grupos, que terminaram de forma invicta (5 vitórias e 1 empate), conseguindo, inclusive, uma difícil vitória dentro da Bombonera, por 2 a o contra o Boca Juniors.

Borja é o segundo artilheiro da competição continental, com seis gols pontuados até agora. Três deles foram feitos em uma mesma partida, contra o Junior Barranquilla, na última rodada do Grupo 8.

A convicção de qualquer torcedor para que o time só continue crescendo na competição é grande, porém, com sua recente cirurgia, Borja pode não estar em sua plena forma para a próxima partida do Palmeiras, pelas oitavas de final do torneio, contra o Cerro Porteño. Entretanto, o próprio colombiano publicou um vídeo seu treinando, com a legenda “Nos vemos no Paraguai”.

Mesmo que possa ter dificuldades em marcar gols no começo, a presença do atacante em campo é um diferencial. A partida de volta pelas oitavas será no Allianz Parque, somente no final de agosto, e a torcida terá a expectativa de um novo show de Borja em seu palco particular.

Veja os números do jogador colombiano em suas duas últimas edições pela Copa Libertadores:

GFX_Borja_010818
Obs: Números da esquerda equivalem ao Atlético Nacional, e da direita ao Palmeiras.

Com Felipão no comando, muitas coisas prometem mudar dentro do clube Alviverde. O técnico foi campeão da Libertadores de 1999 com o time, além do bicampeonato da Copa do Brasil. Luiz Felipe Scolari tem a aprovação da maioria dos palmeirenses que o viram brilhar durante os anos 90.

Mesmo com a vinda da série B em 2013, o elenco do Palmeiras da época não estava nem perto do alto nível de talentos que ocupam o CT da Sociedade Esportiva, na Barra Funda. Lucas Lima, Borja, Dudu, Willian, Moisés e tantos outros nomes de peso que fazem parte do plantel do Verdão estarão ao dispor do planejamento minucioso do treinador gaúcho; que tem sua fama particular da paixão de competir em Copas.

Fechar