Apenas um time brasileiro disputaria o Super Mundial de Clubes da FIFA: Atlético-MG

Comentários()
Bruno Cantini
Se a competição, que pode ser realizada em 2021, acontecesse neste ano, refletiria as fracas campanhas recentes do Brasil na Libertadores

A FIFA segue empenhada para organizar um Super Mundial de Clubes a partir de 2021, e o Grêmio pode aproveitar para mostrar novamente a força do futebol brasileiro. Isso porque, imaginando como seria a classificação para o certame se estivesse prestes a começar, o Brasil só teria um representante: o Atlético-MG.

O Mundial, que deve ser realizado de quatro em quatro anos, no período sem Copa do Mundo, Eurocopa ou Copa América, contaria com a participação de cinco equipes da América do Sul: as últimas quatro campeãs da Libertadores e a de melhor coeficiente segundo a Conmebol.

Por isso, se  torneio fosse realizado hoje o Boca Juniors ficaria com a vaga mesmo sem ter levantado o título da Libertadores nos últimos quatro anos. Atlético Nacional [2016], River Plate [2015], San Lorenzo [2014] e Atlético-MG [2013] estariam entre os classificados através das campanhas vitoriosas.

GFX Mundial 2021 Conmebol

Já as vagas destinadas a times europeus seriam mais extensas: 12 no total, incluindo quatro para os vencedores e o mesmo número para os vices da Champions League. Além disso, outras quatro vagas para os clubes mais bem ranqueados no coeficiente da UEFA. Com isso, o desempenho recente dos clubes espanhóis os deixaria em posição privilegiada no cenário atual.

GFX Mundial 2021 Europa

África, Ásia e América do Norte teriam duas vagas e os clubes da Oceania teriam direito a apenas uma.

Fechar