Aos 31 anos, David Luiz diz que "está à disposição" de Tite para a Seleção

Comentários()
Getty Images
Em excelente fase no Chelsea, o zagueiro do Chelsea ainda sonha com a camisa canarinho

David Luiz foi um dos jogadores mais criticados após o 7 a 1 na Copa do Mundo de 2014, e embora tenha recebido outras oportunidades com a Seleção Brasileira o seu nome aos poucos foi saindo do radar. A última vez que o zagueiro esteve na lista foi a mais de um ano, mas o excelente desempenho demonstrado com o Chelsea nesta temporada devolveu as esperanças do jogador em voltar a vestir a camisa canarinho.

Levando em consideração os defensores que, assim como David Luiz, disputaram todas as dez rodadas da Premier League 2018-19, o brasileiro é o único com 100% de sucesso em roubadas de bola (foram 7 no total, segundo números da Opta Sports) e vem sendo elogiado no Chelsea com um excelente aproveitamento nos passes (88.8% de sucesso nesta temporada). Exatamente por isso, o zagueiro de 31 anos se coloca à disposição de Tite.

"Trabalho no meu clube para voltar à Seleção, se for da vontade do professor Tite. Vou estar sempre à disposição porque amo o meu país", afirmou o jogador em entrevista ao UOL. David Luiz aproveitou a chance para elogiar a decisão da CBF de ter renovado com o comandante mesmo após a eliminação no Mundial de 2018, nas quartas de final, para a Bélgica.

David Luiz Brasil Australia 2017Último jogo de David Luiz com o Brasil foi em junho de 2017, contra a Austrália (Foto: Getty Images)

"O Tite está fazendo um excelente trabalho. No Brasil não estamos acostumados a dar tempo aos treinadores. Graças a Deus conseguiram fazer isso com o Tite depois da Copa do Mundo. Tenho certeza que ele está fazendo da melhor maneira possível, porque acumula resultados positivos por um longo período. Espero que o Brasil continue crescendo e chegue bem à próxima Copa do Mundo".

Titular absoluto no Chelsea, que briga pelo título inglês, o brasileiro voltou a ganhar chances em Stamford Bridge após a saída do técnico italiano Antonio Conte, e sob o comando de Maurizio Sarri reencontrou o que há de melhor dentre suas qualidades.

"O Sarri é um grande treinador que está tentando todos os dias implementar a filosofia dele de trabalho. Um cara que gosta de jogar com a bola no chão, muita posse e movimentação para fazer um futebol alegre e bonito. Estamos buscando desfrutar com muita consciência ao mesmo tempo que buscamos nossos objetivos. Ele quer que sejamos felizes, porque isso é o mais importante na vida, independentemente do trabalho que você exerça", completou.

Próximo artigo:
Botafogo no Mercado: Quem chega e quem sai em 2019?
Próximo artigo:
Cristiano Ronaldo recebe críticas após foto sorrindo em avião em dia de possível tragédia
Próximo artigo:
São Paulo 5x2 Guarani: Tricolor goleia e vai para a final da Copinha
Próximo artigo:
Mercado da bola: os principais rumores de Corinthians, São Paulo, Flamengo e os grandes clubes do Brasil
Próximo artigo:
PSG é multado em 100 mil euros por desrespeito às regras éticas nas contratações
Fechar