Aos 25, titular do Atlético-AC na Série C pendura as chuteiras para virar PM

Comentários()
Divulgação
Leandro Jucá era titular da equipe acreana, mas foi chamado após passar no concurso e decidiu investir na carreira de policial

O Atlético Acreano ainda não venceu nas quatro rodadas da Série C e agora terá um desfalque para o restante da temporada que era esperado, mas ainda assim bastante atípico, no mínimo: Leandro Jucá, camisa 5 titular do time na campanha, se despediu do elenco no início desta semana para começar a carreira na Polícia Militar.

Quer ver jogos da Série C ao vivo ou quando quiser? Acesse o DAZN e teste o serviço por um mês grátis!

Leandro completou 25 anos em abril. Revelado no próprio clube, rodou por alguns empréstimos até virar peça importante neste bom momento do Galo Carijó, que venceu três dos últimos quatro Estaduais e por pouco não subiu à Série B no ano passado.

Em 2017, aos 23, foi aprovado no concurso público da PM e começou a viver a expectativa de deixar os gramados para seguir a nova carreira. Em entrevista ao Globoesporte.com, ele falou em consciência tranqüila, parecendo muito bem resolvido com a ideia de pendurar as chuteiras. Agora, finalmente vai começar o curso que prepara para a nova função.

Neste ano, a fase era boa nos últimos momentos como jogador profissional. Campeão, fez parte da seleção do Campeonato Acreano junto de mais quatro companheiros de clube. Na Série C, apesar da falta de vitórias, se manteve no time principal como uma das referências do elenco.

O clube publicou uma carta de despedida para Leandro. “Era um garoto de 9 anos quando começou no futebol, 14 anos depois, ainda na mão do fantástico Álvaro Miguéis [treinador], o meio-campista disse adeus aos seus companheiros”.

“Incontestável na marcação, mágico na criação… o reconhecimento que precisamos mencionar vai além das palavras. O futebol formou mais que um jogador, na verdade, fez um grande homem, que eternizou sua história esportiva junto ao Atlético Acreano”, continua o texto.

Mais artigos abaixo

Agora, a farda. Se é que não voltará a disputar uma partida oficial como jogador de futebol. Fica o registro da última aparição de Leandro Jucá da Silva como o então meio-campista Leandro Jucá, do Atlético Acreano, numa súmula oficial:

Cartões amarelos
36:00 – 1T – 5 Leandro Jucá da Silva - Dar ou tentar dar uma rasteira ou um calço em um adversário de maneira temerária na disputa da bola - Calçar o adversário de maneira temerária na disputa de bola.

Fechar