Antony só sai do São Paulo se multa de R$ 225 milhões for paga, avisa Raí

Comentários()
Rubens Chiri/São Paulo FC
'Nossa filosofia de trabalho é segurar os garotos aqui', afirmou o diretor de futebol do clube sobre a promessa de 19 anos

O São Paulo não vai vender o meia Antony a não ser que um time estrangeiro pague a multa de 50 milhões de euros (R$ 225 milhões), afirmou o diretor de futebol do clube Raí.

Em entrevista à Fox, o diretor tricolor disse que o objetivo é "segurar os garotos" e que Antony, de apenas 19 anos, volta com o clube após a pausa da Copa América.

QUER VER JOGOS AO VIVO OU QUANDO QUISER? ACESSE O DAZN E TESTE O SERVIÇO POR UM MÊS GRÁTIS!

"Nossa filosofia de trabalho é segurar os garotos aqui. Não será vendido a não ser que paguem a multa, mas aí é multa, não é nossa escolha", afirmou.

Após ter um bom momento na temporada no Campeonato Paulista, justamente quando Antony e outros jovens ganharam espaço no time, o São Paulo voltou a ter resultados ruins e foi eliminado da Copa do Brasil.

Quem perdeu espaço com o crescimento dos jovens foi Nenê, que deve ser negociado. Raí disse na entrevista que o atacante tem propostas de clubes do Brasil e do exterior: "Ele está analisando o que é a melhor solução para ele."

Mais artigos abaixo

Sob pressão por resultados, Raí disse que só tem contrato até o fim deste ano e que será avaliado após o Brasileirão.

Ele também criticou o que chamou de "exagero" nos protestos da torcida: "A gente sabe que tem muita coisa mandada. Não estou aqui defendendo o Leco. Qual presidente que nunca cometeu erro? Os futuros vão acertar e errar também. Vi esses dias o gráfico de dívidas e claro que a torcida está pouco se ferrando, quer títulos. Mas que há um exagero não tenho dúvida nenhuma."

O São Paulo volta da parada da Copa América contra o líder Palmeiras no Morumbi no dia 13 de Julho.

Fechar