Notícias Placares ao vivo
Brasileirão Série A

Antes desprezado no Palmeiras, Egídio pode fazer falta contra Santos

17:45 BRT 25/09/2017
Egidio Palmeiras Atletico-GO Brasileirao Serie A 22062017
Lateral esquerdo deu a volta por cima com golaço e boa atuação contra Fluminense, mas levou cartão amarelo e está suspenso

Egídio nunca foi um jogador bem visto pela torcida do Palmeiras. Mas há cerca de 40 dias, ele tinha chegado ao fundo do poço no clube: errou um pênalti decisivo na Copa Libertadores e foi considerado o principal culpado pela eliminação. A volta por cima aconteceu neste domingo (24) e agora o Verdão pode até sentir falta dele.

Logo depois da eliminação, o técnico Cuca resolveu poupar Egídio. Não o escalou sequer para o banco de reservas em três partidas. Michel Bastos jogou no lugar e não aproveitou as chances. Então Egídio voltou a jogar contra o Atlético-MG.

"Contra o Atlético-MG, Cuca ganhou prêmio de melhor de uma rádio, Cuca falou 'não, foram vocês que jogaram com nove', e deixou o grupo escolher o melhor. Todo mundo falou 'Egídio, Egídio'. Ali foi minha volta", lembrou Egídio em entrevista ao Sportv. O jogador agradeceu ao técnico pela estratégia de preservá-lo durante três partidas. 

Na partida diante do Fluminense ele se comportou bem na defesa e ainda fez o golaço decisivo na vitória por 1 a 0. Os números não impressionam, mas são melhores do que em muitas partidas que ele já fez pelo Palmeiras. Veja:

O problema para o Palmeiras é que Egídio levou um cartão amarelo - curiosamente, isso aconteceu menos de um minuto antes dele fazer o gol. Isso significa que o Verdão não terá o lateral titular no clássico contra o Santos, no próximo sábado, às 19h (de Brasília). 


Michel Bastos ainda não está 100% fisicamente (Foto: Alexandre Schneider/Getty)

Michel Bastos deve ser o substituto. Mas ele sofreu uma lesão leve recentemente e nem foi relacionado para o jogo contra o Flu. Terá que mostrar, durante a semana, que tem condições de atuar. Se não puder, Zé Roberto voltará a ser lateral no Palmeiras, o que não ocorre desde o primeiro semestre.

Egídio ainda não é uma opção segura no Palmeiras. Mas Michel e Zé também não são e pior: estão sem ritmo de jogo. O Santos explora bastante as pontas no ataque, com Bruno Henrique e Copete, e poderá encontrar no lado direito ofensivo um ponto fraco do Verdão.

Contrato perto do fim

O contrato entre Palmeiras e Egídio será encerrado no final do ano e por enquanto não há negociações para renová-lo. Talvez o gol ajude o lateral a ter uma nova chance. Mas ele disse que só quer sair do Verdão em alta: "meu contrato está acabando, e não quero sair aqui do Palmeiras pela porta de trás, e sim pela porta da frente que foi por onde entrei".


VEJA TAMBÉM: