Ancelotti sobre saída do Bayern: "Você está morto se o clube não te dá suporte"

Comentários()
Getty Images
Técnico italiano reclamou que o clube bávaro exigiu que mudasse seu estilo e fracassou em não dar suporte em outubro

Carlo Ancelotti diz que a falta de suporte da diretoria do bayern de Munique foi um fator importante para a sua saída do clube alemão nesta temporada.

Apesar de ter levado os bávaros ao título da Bundesliga, Ancelotti foi dispensado em outro após derrota para o PSG na Champions League.

O técnico de 58 anos perdeu o respeito de seus jogadores, e foi culpado pelos problemas da equipe nas últimas semanadas. Seu sucessor, Jupp Heynckes, o criticou por não ter contrato um atacante, e Lewandowski o acusou de ser responsável por suas recentes lesões.

O ex-técnico do Milan, do Real Madrid e do Chelsea deu sua opinião sobre as coisas que o separaram de Munique, apontando exigências para alterar seu estilo e perder o vestiário.

"Tenho uma maneira de trabalhar que não mudo", disse ele à Domenica Sportiva. "Pediram para que fizesse isso, e simplesmente não aceitava. Qualquer decisão que você tomar, se o clube não o proteger, você está morto".

"Se você tira um jogador, ele vai ao clube e é fortalecido por eles, então você perde a cara com ele na frente dos outros jogadores. Você não vai se recuperar disso". 

Arjen Robben Carlo Ancelotti 2017
(Foto: Getty Images)

"De acordo com a mídia, fui demitido porque eu tinha cinco grandes jogadores contra mim".

Ancelotti revelou que recusou a chance de assumir o comando da seleção da Itália, mas prefere ficar em clube.

Ele pensa em voltar para a Itália, mas se distanciou de uma mudança para a Juventus.

"Minha intenção é fazer uma pausa até 32 de junho", afirmou. 

"Estive em todos os lugares, de Milão à Croácia e Arábia Saudita, mas gostaria de trabalhar novamente no meu país".

"Eu gosto (do presidente da Juventus) Andrea Agnelli, mas não posso ir contra meu passado. Na Itália, só poderia treinar o Milan ou a Roma".

"Não falei como o novo presidente do Milan, só converso com grandes presidentes". 

Próximo artigo:
Clubes da Premier League dominam receitas e lucros. Confira!
Próximo artigo:
Corinthians sobe oferta e confia na contratação de Guilherme Arana
Próximo artigo:
Barcelona é denunciado pelo Levante por escalação irregular e pode sofrer punição
Próximo artigo:
O acerto de Ganso ao escolher o Fluminense
Próximo artigo:
Paulistão 2019: estreia dos grandes, quando, onde e como assistir os jogos
Fechar