Alisson fala sobre concorrência na Seleção e brinca: “Tite tem um grande problema”

Comentários()
Pedro Martins/Mowa Press
O goleiro da Roma também ressaltou a importância de Taffarel, revelou idolatria por Buffon e orgulho por campanha na Champions

Se era contestado meses antes, por não ser nem mesmo titular da Roma, Alisson hoje vive um momento diferente. Dono da posição sob as traves na equipe da capital italiana, o jogador ganha cada vez uma força maior na disputa de posições dentro da Seleção Brasileira.

Após um treinamento exaustivo comandado por Taffarel, no estádio Parque dos Príncipes, Alisson concedeu entrevista coletiva ao lado do zagueiro Marquinhos, nesta terça-feira (07). Em suas respostas, o arqueiro de 25 anos revelou ter como grande ídolo o italiano Gianluigi Buffon, exaltou o trabalho de Taffarel no Brasil e reconheceu a grande disputa dentro da Seleção.

“Hoje 90% da importância do meu treinamento e dos outros goleiros está com o Taffarel. Passamos a maior parte com ele, em trabalhos específicos. É de extrema importância, um trabalho intenso, curto, temos pouco tempo, mas é um trabalho que o Taffarel lapida os goleiros para estarmos preparados no jogo”, disse.

Gianluigi Buffon ItalyBuffon, o ídolo de Alisson (Foto: Getty Images)

“Meu ídolo é o Buffon, um cara em quem me inspiro muito. Ele é um dos maiores goleiros da história, senão o maior. Ele está sempre bem posicionado, por isso joga numa idade mais avançada. Tenho observado muito o De Gea, ótimo trabalho no Manchester. E gosto também do Oblak, que sempre fez bom trabalho no Atlético de Madrid”, que também exaltou a defesa feita por Marcelo Grohe, do ex-rival Grêmio na Libertadores.

A respeito da disputa por posições, além de ter falado sobre o relacionamento com Ederson e Cássio, Alisson também elogiou outros goleiros, como Fabio [Cruzeiro] e Vanderlei [Santos]. O ex-guardião do Internacional também não deixou de falar do bom momento vivido pela Roma na Champions League, onde lidera o difícil Grupo C [cujos favoritos eram Chelsea e Atlético de Madrid].

Alisson Brazil Selecao treino 03092017"Tite tem um problema" (Foto: Lucas Figueiredo/Mowa Press)

“O Tite tem um grande problema (risos). Acredito que da maneira como ele vem fazendo é a correta, colocando jogadores que ele acredita que deva colocar, fazendo alguns testes. É importante também manter uma espinha dorsal, uma base. Mas testes são válidos, todo mundo quando chegar a Copa tem de estar pronto, independentemente de ter jogado ou não. Os treinamentos contam muito”.

“Lideramos um dos grupos da morte da Liga dos Campeões, com Chelsea e Atlético. Eu continuo trabalhando muito forte para aumentar meu nível, crescer no futebol, e que o trabalho se reflita na Seleção”, concluiu.

Brasil e Japão se enfrentam às 10h desta sexta-feira, em Lille.

Próximo artigo:
Botafogo no Mercado: Quem chega e quem sai em 2019?
Próximo artigo:
Cristiano Ronaldo recebe críticas após foto sorrindo em avião em dia de possível tragédia
Próximo artigo:
São Paulo 5x2 Guarani: Tricolor goleia e vai para a final da Copinha
Próximo artigo:
Mercado da bola: os principais rumores de Corinthians, São Paulo, Flamengo e os grandes clubes do Brasil
Próximo artigo:
PSG é multado em 100 mil euros por desrespeito às regras éticas nas contratações
Fechar