Acusação de corrupção na Espanha contra Neymar é mais grave do que se imaginava

Comentários()
Getty Images
Craque será julgado por três juízes e pode pegar seis anos de prisão

Neymar pode ter deixado o Barcelona no último ano, mas ainda responde por sua contratação polêmica. O juiz encarregado de julgar as irregularidades de sua transferência do Santos para o clube catalão, acredita que o brasileiro poderá enfrentar uma pena de seis anos de prisão.

Isso porque o juiz mudou seus critérios após analisar as acusações e entender que elas poderiam levar a uma condenação maior que a pedida inicialmente pelo fisco espanhol - dois anos de prisão por corrupção.

"O Neymar vai ser julgado por corrupção e dolo, sendo que ele incorre numa pena que pode ir dos quatro aos seis anos de prisão", explicou José María Vázquez Honrubia, à imprensa espanhola.

Desta forma, o jogador, seus pais, o presidente do Barcelona, Josep Maria Bartomeu, e seu antecessor Sandro Rosell (preso desde maio de 2017) serão julgados na Espanha por fraude.

SANDRO ROSELL BARCELONA
Rosell segue preso na Espanha / Foto: Getty Images

Oficialmente o Barcelona anunciou que a contratação de Neymar teria custado 57,1 milhões de euros (40 milhões pagos à família de Neymar e 17,1 milhões para o Santos). No entanto, a justiça espanhola estima que o verdadeiro valor seria de 83,3 milhões de euros.

O DIS, que recebeu 6,8 milhões de euros, acusa o Barça e o craque de ocultarem o valor real da negociação. Assim, o fundo de investimento pede, na Justiça da Espanha, uma indenização entre 159 e 195 milhões de euros.

Mais artigos abaixo

Como o jogador pode receber sentença superior a cinco anos de prisão, a legislação espanhola obriga o julgamento a ter três juízes, o que poderia atrasar ainda mais o início do julgamento, que segue sem data para começar.

 

Próximo artigo:
Cruzeiro se encontra com representantes de Dodô e fica mais próximo de anunciar ex-lateral do Santos com reforço
Próximo artigo:
Sevilla encara o seu maior pesadelo: Lionel Messi
Próximo artigo:
Real Madrid estuda ceder James Rodriguez ao Tottenham para ter abatimento no custo de Eriksen
Próximo artigo:
Avião que levava jogador argentino ao seu novo clube desaparece na Europa
Próximo artigo:
Cristiano Ronaldo retorna à Madrid e ratifica acordo judicial por fraude fiscal
Fechar