Acredite: Hernanes foi o jogador que terminou o Brasileirão mais desvalorizado no valor de mercado

Comentários()
Rubens Chiri/São Paulo FC/Divulgação
Confira quais jogadores dos 20 clubes que disputaram a Série A em 2017 terminaram o ano mais valorizados e desvalorizados segundo o site Transfermarkt

Foram 38 rodadas extenuantes no Brasileirão, e se alguns jogadores conseguiram grande destaque outros não tiveram a mesma sorte... ou capacidade.

Confira abaixo, o jogador de cada um dos 20 times participantes da Série A 2017 que mais se valorizou... e também o que mais viu o seu valor de mercado cair – segundo dados do site Transfermarkt. 

Luan Guilherme Lanus Gremio Final Copa Libertadores 29112017Luan, do Grêmio, foi quem teve a maior valorização (Foto: EITAN ABRAMOVICH/AFP/Getty Images)

CORINTHIANS

Valorizado: o lateral-esquerdo Guilherme Arana, já negociado com o Sevilla, da Espanha, foi o jogador que mais viu o seu valor de mercado subir no campeão brasileiro: de €1 milhão para €8 milhões.

Desvalorizado: Jádson viu o seu valor cair de €3.5 milhões para €2mi.

PALMEIRAS

Valorizado: o zagueiro Yerry Mina, constantemente especulado no Barcelona, valorizou €9.25 milhões. Hoje, é avaliado em €9 milhões.

Desvalorizado: relegado ao banco de reserva durante boa parte da campanha, Felipe Melo teve queda de €2.50 milhões. O seu valor atual de mercado é de €1 milhão.

SANTOS

Valorizado: Vítor Bueno subiu de €1 mi para €5 mi.

Desvalorizado: o atacante Thiago Ribeiro saiu de €1.60 mi para €1 mi.

GRÊMIO

Valorizado: o meia-atacante Luan teve crescimento de € 11 mi e atualmente está avaliado em €17 mi.

Desvalorizado: o goleiro Paulo Victor saiu de €4 mi para €1.2 mi.

CRUZEIRO

Valorizado: De Arrascaeta subiu de €5.5 mi para €7.5 mi.

Desvalorizado: Lucas Silva foi desvalorizado em €3 mi, e hoje está avaliado em €2mi.

FLAMENGO

Valorizado: em sua primeira temporada como profissional, Vinícius Jr. já começou com valor de €10 milhões.

Desvalorizado: Everton Ribeiro chegou como jogador mais valioso, e teve a segunda maior desvalorização dentre os jogadores da elite: queda de €4 milhões. Hoje, o camisa 7 é avaliado em €8 mi.

VASCO

Valorizado: não poderia ser diferente. Paulinho, em sua primeira temporada entre os profissionais, finalizou o ano valendo €3 mi.

Desvalorizado: o meio-campista Wellington Martins valia €3 mi no início do ano, e terminou a temporada avaliado em €1.5 mi.

CHAPECOENSE

Valorizado: o zagueiro Luiz Otávio teve aumento de €250 mil, e atualmente é avaliado em €650 mil.

Desvalorizado: o meia-atacante Fernando Guerrero saiu de €1.7 milhão para €500 mil.

ATLÉTICO-MG

Valorizado: Juan Cazares saiu de €3 milhões para €5 mi.

Desvalorizado: Elias teve a terceira maior queda de valor: de €7 mi para €3 mi.

BOTAFOGO

Valorizado: Gatito Fernández teve aumento de €1.5 milhão em seu valor, e totaliza €3 mi ao final de 2017.

Desvalorizado: a ironia é que Jefferson, também goleiro e grande ídolo alvinegro, foi quem teve a maior queda em valor de mercado no clube: de €5 milhões para €2.5 milhões.

ATLÉTICO-PR

Valorizado: o atacante Pablo saiu de €750 mil para €2.5 milhões.

Desvalorizado: Eduardo da Silva saiu de €3.5 milhões para €2milhões.

BAHIA

Valorizado: Rodrigão começou a sua caminhada no Tricolor valendo €1.5 milhão.

Desvalorizado: o lateral Pablo Armero caiu de €3.5 mi para €1.5 milhão.

SÃO PAULO

Valorizado: o zagueiro Rodrigo Caio saiu de €6mi para €9mi.

Desvalorizado: Hernanes! Pode acreditar... o grande nome do Tricolor no ano foi quem teve maior queda de valor: de €8mi para €3 milhões. Em campo, no futebol, ele valorizou ainda mais o status de ídolo.

FLUMINENSE

Valorizado: Wendel terminou 2017 valendo €5milhões.

Desvalorizado: Henrique Dourado. Mais um dado que mostra que o valor não está ligado sempre ao que o jogador faz durante a campanha. O Ceifador, artilheiro do Brasileirão ao lado de Jô, teve queda de €3 mi para €2.5 milhões.

SPORT

Valorizado: Everton Felipe subiu de €500 mil para €2 milhões.

Desvalorizado: o meia-atacante Osvaldo caiu de €3.5 milhões para €2milhões

VITÓRIA

Valorizado: Neílton saiu de €1 mi para €2.25 mi.

Desvalorizado: o meia Carlos Eduardo saiu de €3.5 mi para €2.75 mi.

CORITIBA

Valorizado: o lateral Dodô saiu de €500 mil para €2mi.

Desvalorizado: o alemão Alexander Baumjohann caiu de €1.25 mi para €400 mil.

AVAÍ

Valorizado: o lateral Capa terminou 2017 com €450 mil de valor.

Desvalorizado: o lateral Leandro Silva caiu de €1.25 mi para €750 mil.

PONTE PRETA

Valorizado: o atacante Lucca saiu de € 1.75 mi para €3 mi.

Desvalorizado: o meio-campista Fernando Bob saiu de €5.5 mi para €4.5 mi.

ATLÉTICO-GO

Valorizado: o meia Jefferson Nem saiu de €75 mil para €500 mil.

Desvalorizado: o zagueiro Roger Carvalho caiu de €750 mil para €500 mil.

Próximo artigo:
"Não estava sabendo da situação financeira do Santos", diz Sampaoli, incomodado no cargo
Próximo artigo:
Semifinais da Copa da Liga Inglesa: como e quando assistir
Próximo artigo:
Atlético se acerta com Morata, mas precisa abrir espaço no elenco; Impasse atrasa Higuain no Chelsea
Próximo artigo:
Agente de Militão confirma negociação com Real Madrid, mas descarta saída em janeiro
Próximo artigo:
Willian diz que não recebeu proposta formal do Barcelona e opina sobre caso Bielsa: "Um pouco antiético"
Fechar